Jean (Claymore)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
1124428707670.jpg Este artigo é relacionado à Yuri!

Isso significa que ele se trata de um personagem de anime, mangá e
outras formas de alienação que joga no outro time.

Não vandalize, ou a Integra Hellsing manda o Alucard acabar contigo.

Loser 2.JPG Jean (Claymore) já morreu!

E já previram...

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno

Jean
Cquote1.pngBraço de ParafusoCquote2.png
Claymore Jeane.png
Tem certeza que é mulher?
Informações inúteis
Classificação Claymore apaixonada
Ranking Claymore ex-9ª
Técnicas Proteger a Clare
Parceiros Clare
Status Atual Mortinha
Símbolo Jeanrank.png


Cquote1.png Que pele macia Cquote2.png
Tarado do Raki sobre Jean
Cquote1.png Pessoal!! Segurem essa fera por mais 15 minutos, estou na 13° volta ainda Cquote2.png
Jean dando o maior trabalho às suas parceiras durante alguma luta
Cquote1.png Jean e Clare são tão lindas juntas... Cquote2.png
Fã yuri sobre Jean e Clare

Jean, Braço de Parafuso, as vezes chamada de Jeane para não confundir com a Jean Grey é uma loira de olhos de prata do anime Claymore, sendo a única integrante do grupo de miguxas de Clare que morre no final (spoiler). Durante o anime ela é considerada mais sofredora que torcedores do Corinthians.

Ela era daquele tipo de personagem secundária que todo mundo botava fé que ela não iria morrer, mas no final Jean comete o fatal erro de ir conversar com uma ser despertada.

A sina de Jean é estar sempre acompanhada por Claymores fracas que mais atrapalham do que ajudam, por isso ela em dado momento se irrita e decide querer perseguir Clare após conhecê-la, para ter melhores companhias, e também por que achou a protagonista bonita e atraente.

Passado e Personalidade[editar]

Jean apesar de tudo, também não dispensa se agarrar com garotinhos.

O passado de Jean não é narrado nem no anime, nem no mangá de Claymore, o pouco que se sabe são algumas citações, como quando Helen alerta Clare e diz que durante o treinamento na Organização Jean era conhecida por suas atuações yuri nas noites.

Tem uma personalidade parecida com a de um homem (um samurai mais especificamente) sempre falando coisas como honra e gratidão. Jean é uma das mais preferidas do grande público yuri de Claymore.

Encontro com Clare[editar]

Jean num SPA de acupuntura.

Apesar de possuir o considerado ataque mais forte dentre todas as Claymore, Jean detém apenas o posto 9 da Organização por cérebro parece que ela não tem um muito bom. Foi mandada para mais uma missão suicida de rotina, dessa vez numa caverna com o objetivo simples de capturar uma abissal e seu amante (enfrentar satã seria mais fácil). Chegando lá Jean é acorrentada e começa a ter seu corpo explorado pela pirralha Riful e o lolicon Dauf, que começa a enfiar canudos de aço nos orifícios e na barriga da coitada, fazendo-a parecer um formigueiro (cheia de buraquinhos). Com isso ele acaba forçando-a a despertar e se juntar ao exército da piveta infernal, que está em desvantagem contra seu rival Isley. Após sofrer o abuso, Jean se transforma em kakuseisha, sendo que a sua forma despertada lembra muito uma borboleta gigante e cheia de veias pulsando, e teoricamente não há como regredir esse efeito.

Quando Clare aparece para o resgate, ela que é especialista em fazer milagres ensina a Jean como fazer um, então ela volta a sua condição normal apenas semi-despertando. E gratidão eterna com Clare e não achando ela menos bela, Jean decide querer acompanhar a número 47 como serva até o final de sua vida.

Símbolo de Jean.

Assim Jean, Clare e Galatea terminam a luta com Dauf. Jean pede que suas duas companheiras ganhem tempo, muito tempo, para que ela pudesse usar sua técnica de luta esquisitona do braço parafuso. E depois de tudo que Galatea e Clare tiveram que passar para aguardar a tal técnica do Braço Parafuso de Jean, esse golpe não serviu em nada. Jean envergonhada improvisa um novo plano que não teve nada de novo, ela quis usar o golpe do braço de parafuso novamente. Em dado momento Riful fica enjoada, então cata seu marido brutamontes e sai voando.

Braço de Jean na 18° volta.

Jean faz um juramento formal à Clare pedindo ela em casamento e sendo aceita. Como casamentos homossexuais eram proibidos naquelas terras, elas teriam que ir para o Norte, aonde eventualmente se envolveriam na famosa Campanha do Norte da Batalha de Moscou. No local Jean é introduzida no Grupo Guerrilheiro da Fofoca liderado por Miria. Quanto ao momento do combate Jean deu o baita azar de ficar em um grupo podre de fraco e pela segunda vez estava a frente de Claymores que mais atrapalhavam do que ajudavam (duas delas eram Helen, que não faz PN além de comer maçãs e contar piadas, e a paga-pau da Cynthia, que estava no grupo de apoio liderado por Veronica). Furiosa, Jean ficava pensando consigo "Mas onde a fantasma estava com a cabeça pra me deixar nesse grupo tão podre para enfrentar gente tão forte!?" já que foi Miria quem dividiu os times na base do tradicional "pedra-papel-tesoura" sem nenhum tipo de sorteio (e talvez, se tivesse sorteado teria até sido pior). Como ela é a chefe Jean disfarçou a preferiu não reclamar, ela tinha confiança de que não iria morrer nunca, pois agora ela fazia parte do grupo guerrilheiro de Clare, e fazer parte do grupo das mocinhas geralmente quer dizer proteção contra a morte.

Forma despertada de Jean

Na luta de aquecimento Jean e suas companheiras derrotam uma vespa toscona e esnobe, usando a velha tática do "Segurem esse bicho aí alguns minutos enquanto eu giro meu braço" abusando de sua autoridade deixando suas companheiras de posto menor numa fria. Assim o bicho é derrotado.

Na luta pra valer contra Rigardo, Jean não dura mais que 2,54 segundos e antes que pudesse dar meia enroscada em seus braços, o Leão dos Olhos de Prata abre um rombo em sua barriga e deixa ela inutilizada até o último episódio.

Ninguém do grupo de Jean sobrevive para contar história. Miria, a que montou esse time perdedor, por sua vez, não tem nem um pingo de culpa em sua consciência sai andando no último episódio, saltitando pela neve. Já no mangá, ela acaba ficando com remorso e decide vingar todas que morreram no norte junto com seu grupo de puxa-sacos desertoras.

Nos momentos finais Jean encontra Raki tendo seu momento emo num beco e convence o garoto de ser sua "bengala" por uns instantes. Como Raki sempre foi meio taradinho, ele não vê problemas em ficar abraçado com uma mulher mais velha e ambos vão mancando até o local da batalha final.

Morte[editar]

Cquote1.png Se eu salvei ela uma vez, não há problemas em eu tirar sua vida agora Cquote2.png
Clare de consciência limpa sobre Jean

Depois da emocionante vitória de Clare sobre Priscilla, Jean chega e vai direto se abraçar com sua ídolo Clare, mas esquece que ela estava despertada e morre ali mesmo. Quem mandou confiar que milagres acontecem toda hora em Claymore. Jean faz um discurso todo comovente para conseguir reverter milagrosamente o despertar de Clare, como milagres aconteceram em todos os episódios anteriores o espectador jamais imagina que dessa vez não iria ocorrer milagre algum.

Esse foi o fim de Jean que deveria ter sido muito antes. Como o anime tem um final feliz, todas estão sorrindo na frente do túmulo de Jean, parece que ela não era muito querida...

Técnica de Combate[editar]

O golpe do Parafuso de Jean.

O golpe de Jean é um dos mais criativos em Claymore e dos animes em geral, mas é também um golpe realmente muito estranho, que consiste em vários passos claros - Primeiro Passo: Mande suas amigas irem se sacrificar enquanto se prepara o golpe; Segundo Passo: Enroscar o braço 21 vezes; Terceiro Passo: Travar; Quarto Passo: Avisar para suas amigas saírem da frente, pois o golpe é difícil de se controlar; Quinto Passo: Fazer uma cara de espanto pois o golpe falhou por ser lento e sem direção, mas manter a confiança e pedir uma nova chance e recomeçar do primeiro passo.

Jean diz que só pode usar esse golpe 1 vez a cada uma semana (e sempre mente diferente a cada vez que explica sobre esse seu ataque, variando se 1 semana, 1 mês, 15 dias...), mas em poucos minutos usa esse golpe umas 3 vezes. Ela mente sobre isso, porque usar esse golpe muitas vezes deixa seu braço pelancudo, e mesmo ela parecendo um pouco macho, é mulher e vaidosa.

Seu ataque é considerado o mais forte dentre todas as Claymore, mas isso não quer dizer nada, já que ele leva séculos para ser aprontado, então suas companheiras geralmente iscas, nunca conseguem sobreviver até lá, e as raras que sobrevivem como iscas esperando para ver o golpe de Jean, acabam vendo um golpe sem direção que sempre falha.