Jesusomem

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar


Ffffffffuuuuuuu.jpg Artigo sem Imagens! FFFFFUUUUU!
Este artigo possui poucas ou nenhuma imagem o ilustrando. Adicione adicionar novas imagens se não FFFFFUUUUU...

Um Jesusomem é um ser humano (ou, em alguns casos, um animal) afligido por uma condição conhecida como deicantropia. A vítima desta condição transforma-se em um Jesus durante as noites de lua cheia, cometendo pequenos milagres ao azar enquanto cruza aldeias a vilarejos, e sendo uma lembrança irritante de nossa própria imortalidade. Não deve ser confundido com Jesusware em nenhuma circumstância.

Origem[editar]

A história do Jesusomem foi mencionada primeiramente em um texto apócrifo do Alcorão, escrito pelo clérigo Abdullah Al-Dente, no trecho que narra a história de Jesus na Santa Ceia.

Cquote1.svg E Jesus colocou o macarrão sobre os pratos de seus discípulos e disse: "Este é o meu corpo, a massa do divino pastor. Comam e lembrem-se dos meus cabelos". E Jesus pegou o molho, abençoou-o, deu-lhe a seus discípulos, e disse: "Este é o meu sangue, o molho sagrado dos céus. Bebam e sejam refrescados.
Jesus então virou-se a seu traidor e lhe disse: "Você gostaria de levar um tapa?" E Judas mentiu para o Senhor, dizendo "Sim, eu aceitaria levar um tapa do meu Senhor". E Jesus disse a ele: "Como quiseres, deixe-me descer um tapa neste seu traseiro de traidor", e Ele lhe deu um tapão poderoso. Cquote2.svg

Efeitos[editar]

Durante uma noite de lua cheia, o corpo do jesusomem irá se transformar e assumir a forma de Jesus. A vítima também ganha força e divindade proporcionais às de Jesus até o nascer do sol. O jesusomem tentará vagar as ruas, performando milagres como:

  • Andar na água
  • Voar na terra
  • Nadar no ar, ocasionalmente
  • Multiplicar alimentos, especialmente miojo
  • Curar os doentes
  • Em casos avançados, ressuscitar os mortos

Transmissão[editar]

Há dois modos no qual uma pessoa se torna um jesusomem:

  1. A pessoa é ressuscitada por um jesusomem. O cadáver deve estar em condições excelentes de preservação e não ser embalsamado para que a ressurreição tenha sucesso. Como regra geral, toda pessoa que morre num intervalo de dois dias antes de uma noite de lua cheia corre o risco de ser revivida por um jesusomem. Comunidades medievais costumavam tomar medidas para que os cadáveres não fossem revividos como jesusomens, geralmente retirando seus órgãos genitais antes do enterro.
  2. A pessoa consome alimentos abençoados por um jesusomem, sejam eles multiplicados ou apenas tendo recebido orações. Se havia um jesusomem na região, a maioria das pessoas simplesmente deixava de comer massas em épocas de lua cheia como precaução.

Quebrando a maldição[editar]

A maioria das lendas chega a um consenso do modo mais apropriado de se derrotar um jesusomem: perfurá-lo com um pau de macarrão, assim como na Dissecação de Cristo, matará um jesusomem imediatamente. Uma alternativa, se o jesusomem ainda não se transformou, é besuntá-lo com sangue de papagaio de pirata, o que espanta o espírito cristão de seus corpos. No entanto, a pessoa ainda será passível de reinfecção, e comportará-se de forma bastante justa por algum tempo.

Os últimos jesusomens do Reino Unido foram curados em 1552, porém persistem as histórias de comunidades isoladas na Europa continental sendo soterradas por pães e peixes de uma noite pra outra. Com o recente declínio da população de piratas no mundo, os médicos temem que uma pandemia de deicantropia possa se espalhar no mundo inteiro e afetar até 70% da população mundial.

Jesusomens na literatura[editar]

O jesusomem mais famoso da literatura é Jean Valjean, um personagem da obra-prima de Jacques Cousteau Jesus Cristo, O Senhor é um lobo. Apesar de nunca ser explicado no livro, a transformação súbita de Jean de criminoso em comediante é frequentemente atribuída a um caso de deicantropia. Isto também justifica porque sua despensa estava sempre lotada de pães, quando seu crime inicial foi roubar pães.

Carne de Jesusomem[editar]

Na época do Império Romano, o jesusomem era uma besta sagrada, não só porque tinha uma aparência muito daora, mas porque sua carne tinha um gosto muito bom, como relatado em Atos dos Apóstolos 14:6: Esta carne tem um gosto muito bom, parece frango frito. Um fato maravilhoso da carne de jesusomem é que, sendo carne do filho de Deus, ela se regenerava de tempos em tempos. Isto levou à especulação de que na verdade, os jesusomens eram Cyberjesus, mas a maioria acredita que isto é apenas uma balela.

v d e h
Como parte da Teoria dos Múltiplos Jesuses, aqui estão listados todos os Jesuses conhecidos.
O original · O negro afrodescendente · Suposta reencarnação de Cristo · O que foi da Madonna · O que se rendeu ao tráfico · O dos anos 70's · O que veio do espaço · A versão albina e peruana do mito · O Messias da Teologia da Libertação · O esquecido pela história mas lembrado pelo RockGol · Sua bebida amazonense maranhense · Seu clone americano · O "Mega Zord" dos terráqueos · O digimon · O muçulmano · O do Alcorão · O hindu · O coreano · O primeiro cristo da América · O inverso de todos os Jesuses · O mais anti de todos os cristos · O que voltou da morte · O mestre Ninja · O poder do seu cosmo · Sua versão do Descicloverso · Sua versão bugada · O do "Paz, Amor, Fé, Esperança, Luz e União" · Sua versão feminina · A versão heavy metal · A versão gospel · A "música" · O Caçador de Vampiros · O centroavante · O meia · O mister · O fã de rave da Nova Ordem Mundial · O guerrilheiro · O que aparece em noites de lua cheia