Joanete

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Joanete é um tipo de "pelota" que se forma na base do dedão do pé. Essa pelota se forma devido a um desvio de rota de quando o dedo está crescendo e o dedão, crescendo torto, se forma na base dele, deixando o pé fei pra carai bem estranho. Felizmente a cirurgia é simples basta apenas meter o facão e arrancar tudo pra fora e rápida. Quem tem isso deve fazer a cirurgia, evitando calosidades na "bolinha" e possíveis chacotas com seu lindo pezinho.

Como isso ocorre[editar]

Este aqui mal dá pra perceber...
Efeitos de joanete.

Ainda não se sabe ao certo o que faz com que os dedos dos pés de algumas pessoas se entortem e formem a bola na base, mas sabe-se que é já antes de nascer, pois bebês já nascem com o pé mais feio que o do Shrek andando de salto alto por aí. Disso se pode apenas tirar a conclusão de que o joanete começa a se formar já na gestação, talvez o pequeno pirralhinho, dentro da barriga da mãe entortou o dedo querendo nascer antes do tempo, e ainda pelo lado errado, pois todos sabem que deve-se nascer, cuidadosamente, pela cabeça, nunca pelos pés, mas isso é apenas mais uma de muitas especulações pois não se chegou a nada decisivo.

Quando o bebê começa a nadar, o pé já está formado, e se está formado errado, assim irá crescer. E se tem o maldito problema de joanete, terá então que crescer tiver que crescer e só pelos 18 ou 20 anos é que poderá se livrar do problema, indo desentortar a base do dedo e retirar a bola extra que gandula nenhum deve buscar de volta, ninguém vai querer, mesmo que essa bola do inferno, não murche nunca.

Ainda na barriga na mamãe o nenê está lá, se formando, conseguiu na seleta de DNA se livrar de muitas coisas desagradáveis como lábio leporino, raquitismo, pinto pequeno ou nascer com a sua cara, é saudável e pode até ser que bonito, inteligente e forte... mas quando tudo parecia estar sob controle... Lá está o par de joanetões olhando para os pais... Eles se olham e tudo que podem fazer é dar uma risadinhas sem graça, e o pior é que pode ser que nenhum dos dois tenha, e é bom que para que o papai não seja mais um corno, que um dos avós tenha isso, e é geralmente o que ocorre.

A solução[editar]

Jamais tente fazer isso em casa.
Ao seguir essas lindas pegadinhas, não se importe ao ver o joanete na areia.

Não há mesmo solução para isso a não ser crescer tudo que tiver de crescer para garantir, então com uns vinte anos serrar operar com um bom cirurgião, e a operação é até simples e a recuperação bem rápida, tenha coragem, caso tenha esse problema, e pense que tantas mulé se arriscam fazendo lipo, próteses de silicone com açougueiros famosos com sotaque de gringo charlatão e ainda pagam caro por isso. Seja valente portanto, se até mulheres passam por isso tudo com valentia, apenas para tirar gordura sem ter que malhar muito e para aumentar as tetinhas, ora, seja valente e retire essa bolinha horrendo dos pés podendo andar descalço ou de chinelões medonhos, sem assustar muito ninguém, pois saiba que, por mais medonhos que sejam os chinelões ficam mais ainda com aquela pelota aparecendo.

Não há também nenhuma prevenção, pode-se resolver problema de criança com perna torta apenas com calçados adequados, mas os joanetes, não mesmo e se você já passou a infância toda e a adolescência com esse estranho dedão torto para dentro e uma bolota feia na base dele, enfeando todo o restante do seu pé, por mais bonito que seja, imagine agora no início da vida adulta, que passará a vida adulta toda, que é mais longa que a infância e a adolescência juntas, com esse maldito saco no lugar errado, portanto se tiver isso, opere o quanto antes, que é melhor do que tirar o tênis e provocar sustos ou risos... Enquanto não opera, não pense que é só deixar um chulé tão desgraçado que ao tirar os tênis, espantará quem estiver por perto, evitando que olhem, estará apenas trocando um problema por outro, se o xingarem, vá até o chiqueiro e peça desculpa pro porco.

Ver também, se quiser[editar]