Jon Lord

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Davesolo.gif

Rita Lee deu sua benção a este artigo!

Obrigado! Este artigo se sente mais forte agora :)

Clique aqui para mais abençoados.

Seu-meme-APRACAeNOSSA.jpg ESTE ARTIGO É COISA DE VELHINHO RECLAMÃO...

...que vai reclamar na delegacia do idoso se você estragar este artigo.

Cquote1.png Vai estragar a página da senhora sua avó e não encha meu saco! Cquote2.png

Abe simpson.png

PoR-Death.gif

Jon Lord já morreu!

Foi ver a grama nascer por baixo.

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno


Jão Lerdo
Jon Lord Deep Purple.jpg
Jon Lord mostrando seu órgão a uma groupie. Ela não aparece na imagem por conta das dimensões do piano de Lord, que ultrapassava léguas
Nascimento 17 de julho de 1949
Bandeira da Inglaterra InglaterraLeicester, Inglaterra
Ocupação tecladista

Cquote1.png My Sweet Lord! Cquote2.png
George Harrison sobre Jon Lord
Cquote1.png Quem é esse velho no canto do palco? Cquote2.png
Fã de carteirinha do Deep Purple sobre Jon Lord

Jonathan Douglas Lord, também conhecido como Jon, o Cãozinho dos Teclados (Leicester, 9 de junho de 1841) foi o tecladista/organista/pianista/
punhetista da banda de forró metal Purpurina Profunda entre 1968 e 2002. Durante quase 40 anos foi aquele velho barbudo e obeso responsável por hipnotizar o público com seus solos de piano de vinte minutos para que, em transe, todos deixassem o Purple um pouco mais rico a cada show, e atrair as groupies em peso!

Carreira no Deep Purple[editar]

Jon Lord em sua fase Hippie.

Jão Lóide foi um dos afundadores do Deep Purple, juntamente com Rod Elvis, Tião Peixe, Nico Simples e Rico Mais Preto. Lóide foi contratado porque era um perito avançadíssimo de datilografia, digitava muito rápido. Com o tempo, foi ganhando popularidade na banda até se tornar o líder mundial no ranking do CS. Rod Elvis e Nico Simples (que era muito simples em informática) se enciumaram com isso e saíram do Purple.

Quando a máquina de escrever virou coisa de velho, Lord foi obrigado a deixar a datilografia e pegou no órgão do Hammond, mostrando-se um talento dos teclados alucinógenos. Tião Guilan e Rogério Guliver se juntaram ao grupo, fazendo de Lord um amigo fiel das bebedeiras de fim de semana.

Jon Lord se tornou um dos integrantes mais destacados do Deep Purple durante a formação MK2. Seus solos de teclado de vinte minutos causavam alucinações, bad trips e hipnose (era assim que Ian Gillan atraía as groupies para transarem com ele em cima do piano). Existe registros de que as cabeças de cinco fãs explodiram num show, enquanto Lóide tocava Smoke On The Water, a única música que conseguiu ultrapassar os 40 anos de carreira sem ser completamente esquecida.

O Purple ia fazendo mais e mais sucesso, e quando o ego disse oi para Rico e Guilan, cada um resolveu procurar seu canto. Desempregado, Jão foi pro Whitesnake, porque lá sobrava mais bagulho pra ele. Mas num dia em que os ex-colegas de banda resolveram fazer um churrasco, com futebol, cerveja e muitas prostitutas, eles já bêbados decidiram voltar com a formação original e Jão reconquistou sua função de hipnotizador dentro do Deep.

Jão Lerdo atualmente[editar]

Como tudo que é bom dura pouco, a idade e a obesidade foram chegando. Depois de muitos séculos de carreira, Jão teve que sair da banda para cuidar de sua artrite, osteoporose e reumatismo. Hoje ele vive numa mansão isolada nas florestas de duendes da Inglaterra com sua esposa, jogando sinuca e Space Invaders no seu próprio playground nas horas vagas, enquanto todos pensam que ele esta morto.