Kentucky Fried Chicken

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de KFC)
Ir para: navegação, pesquisa
McdonaldsAmerica.jpg Made in U$A

Este artigo é gringo! Ele come Big Mac com Coca Cola no café-da-manhã e pensa que Seinfeld é a melhor série de todas.

O KFC (Kentucky Fried Chicken) é uma empresa de fast food norte-americana estabelecida em 1842 pelo Coronel Sanders. Eis aqui a história semi-completa do logro culinário magnífico deste homem.

O KFC do Coronel Sanders[editar]

O coronel Sanders, fundador do KFC e inimigo público número 1 dos EUA durante um tempinho

coronel Sanders, herói foragido do Kentucky e inimigo público número 1 dos Estados Unidos durante um tempo breve, foi cozinheiro horrível na verdade. Ele passou todos os dias cozinhando qualquer coisa que ele achasse, seja animais atropelados na estrada seja soldados mortos na guerra civil corrente, adicionando a tudo um ingrediente segredo. Um dia enquanto ele dava a passeata habitual (à procura de carcaças frescas para o jantar) ele encontrou um Morgan Freeman. Este deu para ele os míticos treze pimentos, falando para ele expulsar todo o mal do país. Fiado desta missão sagrada, o cozinheiro jurou para cumprir o dever e virar um deus culinário. Por desgraça, o cozinheiro era bem desmemoriado e idiota, então ele esqueceu logo dessa conversa. Porém ele manteve os pimentos, que não se esgotaram jamais.

Inspirado em um livro de receitas, o primeiro que ele nunca leu, o cozinheiro decidiu adicionar os míticos treze pimentos que ele tinha esquecido no estante ao "frango frito" que ele preparava das carcaças. Isto foi logo após o fim da guerra civil. O resultado esteve surpreendentemente gostoso, e o cozinheiro se alegrou tanto assim que ele meteu logo todo o frango frito em um balde e o jogou no primeiro negro que ele achou. O Tyler Perry, após acordar do desmaio que lhe causou o balde na cabeça, degustou o frango frito e ligou para o governador do Kentucky, falando para ele vir logo para a cidade onde estava para experimentar o frango frito gostoso do cozinheiro desconhecido. O governador veio e degustou, e ficou tão impressionado que lhe outorgou ao senhor Sanders o título militar honorário de "coronel".

O recém nomeado coronel voltou para o posto de gasolina onde trabalhava e começou a vender o frango frito enquanto ele atendia aos motoristas à bomba. Às vezes ele confundiu o azeite com o petróleo e acabou por fritar o frango neste, mas segundo ele mesmo não fazia diferença no sabor. Ele costumou vender o frango frito a um desconto aos negros, pois ele lembrou de Morgan Freeman e como este tinha ligado para o governador. Quando ele tinha o dinheiro suficiente, começou a passar propagandas na TV, visando a atrair mais negros para eles experimentarem o frango frito (e também para ele mesmo lucrar com a venda do próprio frango).

Propaganda racista de KFC.jpg

Porém, esta propaganda ofendeu aos negros, pois eles estiveram fartos de o homem branco os associar com frango frito, e então os negros foram com raiva até o posto de gasolina do coronel Sanders e o botaram da cidade. Com medo de perder a vida, o coronel Sanders ligou para o governador e lhe contou o que acontecera. O governador logo mandou as forças do Fort Knox saírem e lincharem os coitados dos negros, quem afinal de contas sempre ficam oprimidos pelo Homem. Nesse momento o coronel Sanders reparou no poder que ele tinha recebido do governador e decidiu vingar-se de todo o mundo, começando pelos negros pobres e acabando pelos japoneses ricos. O plano dele constava de engordarem os pobres e os da classe média e depois usar os lucros da venda de frango frito para escravizar os ricos.

Não obstante, o plano dele fracassou já na fase inicial. Os negros se meteram a boicotear todo frango frito, então o coronel nem conseguia disfarçar o próprio frango do frango de algum outro. Então ele teve que voltar ao seu passatempo antigo de jogar baldes na cabeça alheia. Ele fundou o SHCKFCI, sigla que ao início significava "Sociedade de Homens que Gostam de Jogar Baldes em Cabeças" (o coronel, por desgraça, era analfabeto e também falava mal português, então ele juntou várias letras aleatórias para se inventar uma sigla). Vários outros gringos analfabetos se uniram à organização, como Tom Cruise, Clint Eastwood e John Wayne, que depois tiveram carreiras exitosas na indústria de entretenimento dos Estados Unidos. É verdade mesmo, esses atores célebres uma vez foram analfabetos e passaram o tempo jogando baldes cheios de frango frito em cabeças alheias.

Os integrantes do SHCKFCI contudo foi tão tolos assim que muitas vezes acabaram por jogar baldes antes de os encherem de frango, o que quer dizer que eles jogavam baldes vazios só. Mas isso foi tão chato assim que o coronel Sanders ainda virou o inimigo público número 1 dos EUA. Foi tal saco que o México (incluso os narcotraficantes), o Texas e a Liga da Justiça juntaram forças para fazer com que o SHCKFCI parasse de jogar baldes em cabeça alheia, com ou sem frango frito adentro. O coronel Sanders e o SHCKFCI perderam a batalha, mas só porque ficaram sem baldes e um gigante verde amigável abraçou o coronel Sanders com tanta força que danificou os órgãos deste.

Este artigo é um esboço.
O remetente deste esboço também pode ser o Boça. Ou o Bozo.
Você pode ajudar o artigo se desesbocificá-lo.
v d e h
A gordurosa série temática do Fast Food
Macpodre.jpg

Empresas gringas: Burger King - Chick-Fil-A - Five Guys - KFC - McDonald's - Subway - Taco Bell - Wendy's

Empresas brasileiras: Bob's - Giraffas - Habib's

Empresas fictícias: Balde de Lixo - Buga King - Burger Shot - Cluckin' Bell - Regrub Gink - Siri Cascudo

Lanches: Batata frita - Big MacDuplo - Cachorro-quente - Hambúrguer - Hambúrguer de siri - Kebab - Lanches da Copa do Mundo - McLanche Feliz - McShit - Sanduíche - Whopper - X-Monstro

Coisas famosas: Comercial censurado do Burger King - Comida de rua - Donaldo - Receitas do McDonald's - Ronald McDonald