Kanchome e Parco Folgore

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Arband.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Quico panela.jpg "Não, cê é burro cara, que loucura..."

Este artigo é sobre algo ou alguém burro ou completamente imbecil.

Cuidado: as burrices podem te morder!


Cquote1.png Folgoree.... Cquote2.png
Kanchome sobre qualquer coisa
Cquote1.png Inhaaaa, Folgore-sama é invencível... Folgore é o homem de aço, Folgore é invencííível... Cquote2.png
Kyanchome cantando alguma coisa
Cquote1.png ....ZAKERU!! Cquote2.png
Kiyomaro clichezando

Kanchomes.gifKyanchome/Kanchome e Parco Folgore são personagens altamente idiotas, imbecis, idiotas e também imbecis (às vezes, como no final, fodas) da série Konjiki no Gash Bell!, eles fazem parte tanto do anime quanto do mangá, e por seu nível de imbecilidade conseguem ser as primeiras vítimas de Clear Note após sua saída de dez meses do casulinho do Gorm.

História[editar]

Kanchome, uma mistura de pato com humano e demônios. Vai entender.

Kanchome é um demônio-palhaço (fisicamente e mentalmente) de 7, 8 anos. Seu livro é de cor amarelo e seu "trunfo" são as transformações. Kanchome apareceu pela primeira vez no anime e no mangá com sua transformação e seu primeiro (e único, é um inútil) poder, Pau no cu Poruku, que se transforma em alguma coisa por tempo ilimitado, ou até a energia do coração acabar. O plano de Folgore e Kanchome era roubar o livro de Gash fazendo de Kanchome Kiyomaro, amarrando o verdadeiro no teto do próprio quarto. Gash caiu na conversa do falso Kiyomaro, que por sua vez era narigudo e tinha uma voz rouca (no anime, porque no mangá...), Gash só não entregou o livro porque Kiyomaro se peidou todo e conseguiu escapar das fitas durex que foram coladas em seu braço. A transformação foi desfeita, eles ficaram de mimimi por um certo tempo, pois Folgore havia ido à um shopping fazer um show enquanto Kanchome roubava o livro deles, no mais eles ficaram apenas conversando e quando Folgore chegou, com apenas um Zakeru eles derrotaram Kanchome e Folgore, que acabaram conseguindo uma nova magia que encolhia Kanchome. Kiyomaro colocou um pedaço de chocolate sobre uma vasilha, usou Jikerudo e por causa do magnetismo que atraiu Kanchome à vasilha, eles foram derrotados (até eu derroto eles). Folgore e Kanchome consideraram aquilo um empate e foram embora. Eles se encontraram uma segunda vez na Inglaterra, onde Kanchome havia se perdido de Folgore, foi aí que eles ficaram amigos e nunca mais lutaram.

Parco Folgore é um astro do J-pop em todo o mundo, é uma mistura de Mestre Kame com Ero-Sennin (e um pouco de astros do pop) porque adora apertar peitos e bundas de menininhas a estilo pedobear. É o mestre do livro de Kanchome e é tão inútil quanto, juntos ainda...

Batalhas minimamentes consideráveis[editar]

Folgore e Kanchome, uma das duplas mais inúteis de Konjiki no Gash!.

Sua primeira batalha foi contra Gash e Kiyomaro, mas além de isso não contar como uma, já foi dito escrito logo acima, então faça o favor de ler, caralho. Eles lutaram contra Bago, que de bago só tinha o nome, e seu parceiro que de tão inútil o nome nem foi citado. Bago era (por que morreu conseguiu perder para o Kanchome e voltar ao Mundo dos Demônios) um demônios gigante e devido sua burrice acabou perdendo a batalha quando, descaradamente, Kanchome se transformou em seu parceiro só que com um cabeção (hmm!) para cima (HMM!), Bago caiu na de Kanchome e atacou seu parceiro. Depois eles simplesmente roubaram o livro e queimaram. Tiveram outras participações em batalhas (mentira), mas nada de mais. Nas ruínas, na saga de Zophise, eles derrotaram dois demônios milenares, Ganzu e Mukaron. Com Ganzu, Kanchome apenas se transformou em parede e, quando se distrairam, Folgore usou o Koporuku, que deixou Kanchome pequeno, e este com um fósforo queimou o livro de Ganzu, só que antes disso eles apanharam para caralho (mortal). Contra Mukaron foi praticamente a mesma coisa, só que a diferença é que eles se aproveitaram para queimar o livro enquantoos outros haviam derrotado o demônio. Depois dessa baboseira toda e da saga do Zeon, entrou a saga de Clear e, como Dufeaux despertou o poder fodão de todo mundo, Kanchome conseguiu várias outras magias, tal como Shin Poruku e Gigano Porukerudo. Tanto que eles até derrotaram Gash e Kiyomaro com estas magias, por mais bizarro que pareça. Eles lutaram contra Gorm e Mir e salvaram os inúteis de Papipurio e sua mestre de livro. Gorm foi simplesmente esculachado, trinchado, cuzeado, estuprado e trucidado por Kanchome usando o Shin Poruku e o Gigano Porukerudo. Mas Folgore, como um bom hipopótamo (para os fortes essa), impediu que Kanchome acabasse com Gorm, então Clear aparece e fode com todos eles usando seu Shin Kuria mais fraco. Antes de retornar ao Mundo dos Demônios, Kanchome homossexualmente dá uma pedra com um desenho dentro e pede para que Folgore use o Shin Poruku mais uma vez, levando Gorm, Mir, Folgore e Kanchome para um campo de flores e diz que no Mundo dos Demônios eles seriam amigos... Demônios amigos? WTF?!

Lista de macumbas[editar]

Momentos antes de serem estuprados por Clear, Folgore se jogou na frente do Shin Poruku que havia descontrolado Kanchome. Justo quando haviam ficado fodões...
  • Poruku: Kanchome inutilmente se transforma em que ele quiser, mas quando se transforma em humanos sempre há uma falha, como um nariz maior do que o normal, uma cabeça desproporcional ao corpo...
  • Kopuruku: Kanchome fica minúsculo... só isso.
  • Dima Poruku: Kanchome cria uma ilusão GIGANTESCA, mas é só uma ilusão, nem Zophise caiu nessa.
  • Dima Buruku: Kanchome faz várias cópias de si mesmo, que agem de acordo com a reação do original. Nada de mais.
  • Diou Porukeru: De acordo com a mentalidade da pessoa, Kanchome cria uma ilusão do que a pessoa mais quer, desde um dildo até... qualquer coisa.
  • Gigano Porukerudo: Kanchome se transforma num escudo gigantesco, maior que o Dima Poruku.
  • Miriaru Poruku: Kanchome dá uma de Kakashi e copia a macumba do oponente, mas dessa vez com a mesma intensidade e força. Porém ela só tem efeito no próprio usuário da magia.
  • Shin Poruku: Kanchome controla a realidade e pode criar qualquer coisa que ele quiser, desde se transformar num capiroto como até transformar uma rua da Itália em um jardim de flores.

Ver também[editar]