Kuchisake-onna

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Melhor.gif AVISO: ESTE ARTIGO É SOBRE UMA FALSA GOSTOSA!

Kuchisake-onna usa e abusa de Photoshop, maquiagem e propaganda, faz lipo
com frequência, pode ter silicone na bunda e botox na cara.

Mesmo assim, você ainda acha que ela é gostosa!

1133064800.jpg Este artigo trata de uma mulher malvada.

Ela já enganou a todos, mas provavelmente vai se arrepender de tudo
o que fez e terminar com os miguxos.

Ataque de nervos de Kuchisake-onna. Como diria Timmy Turner na hora do aperto: Coooooooooooooooorre!

Kuchisake-onna é uma das poucas yōkai femininas presentes na cultura japonesa, porém, isso não significa lá muita coisa, afinal, apenas os veneráveis anciões japoneses sabem alguma coisa a respeito.

Quem é[editar]

Kuchisake-onna é uma espécie de fantasma que vaga pela noite usando uma máscara cirúrgica. Em princípio, os mais desavisados podem até mesmo confundi-la com uma mulher gostosa, mas na verdade ela esconde uma boca cortada de uma orelha até a outra e dentes muito afiados.

Há quem diga que ela foi mutilada por seu marido ciumento, outros afirmam que o tal corte foi resultado de uma cirurgia mal sucedida para ultrapassar a beleza de sua irmã. Seja como for, Kuchisake-onna ataca as pessoas perguntando se eles acham-na gostosa. Se a resposta for não, ela mata a vítima a tesouradas. Se for sim, ela faz outra pergunta, se a vítima quer saber como ela conseguiu as cicatrizes em seu rosto,se sim,ela conta na boa...depois um corte bucal igual ao dela.

Você pode até achar que não tem como fugir diante de uma situação dessa, certo? Bem, na verdade existe um jeito que é um pouco arriscado: se a pessoa disser não sei quando ela lhe fizer a pergunta acima, o cérebro da criatura vai entrar em colapso tentando processar a informação, dando à vítima tempo suficiente para escapar.

Quando aparece[editar]

Kuchisake-onna aparece somente durante o período noturno, quando vê alguém andando sozinho por aí, já que é muito covarde e não tem coragem de atacar um grande número de pessoas ao mesmo tempo. Aliás, sua covardia é tanta que, na maior parte das vezes, ela tem preferência apenas por crianças (pedofilia, talvez?).

Segundo boatos não confirmados, a lenda de Kuchisake-onna surgiu no Japão em 1979 quando uma mulher alta, de longos cabelos pretos e um casaco longo, foi avistada perto de escolas, geralmente armada com uma tesoura e com a região da boca coberta por uma máscara.

Ver também[editar]