Kurtis Blow

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Loucão.jpg   Kurtis Blow é mais um xingador do sistema.

Que por ter sido trollado em sua infância resolveu culpar alguém por isso.


Garoto propaganda de alguma marca ai.

Cquote1.png O quê. Um negro sendo médico? Cquote2.png
Qualquer um sobre Kurtis Blow

Nascido em um bairro de negros sofridinho pelos sistema, Kurtis Blow se tornou um rapper, sendo considerado um dos pioneiros na arte de xingar os outros, porém antes que ele se encontra-se como um rapper ele pensou em trilhar um caminho totalmente diferente.

História[editar]

Mano Bíblico

Kurtis Blow morava em um bairro pobre, tinha uma mãe e um pai, pobre, um irmão e cachorro também pobre, e um gato rico que depois ficou pobre, e sem mencionar que seus parentes também eram pobres. Vivendo em um cenário desses, só lhe restava ser um mendingo ele almejava mais queria ser uma belo médico (Coitado sendo negro impossível) já bastava o Doutor House, falando merda teremos que ter uma médico negro, mas ele não ligava para isso. Porém ele não tinha dinheiro, por ser pobre, por isso ele resolveu fazer o que todo negro faz para ganhar dinheiro. foi roubar Foi trabalhar duro na vida resolveu entrar no exército para poder bancar seus estudos na faculdade.

Depois de ter servido os quatros anos obrigatório no exército ele foi terminar seus estudos que começou paralelo ao exército, estava no último ano de medicina. Se formou e orgulhou sua mãe e sua família por ter tido o primeiro negro a ser formado em uma universidade ainda mais sendo de medicina. Ele trabalhou 10 anos no ramo da medicina e durante 10 anos ele sofreu torturas e descriminação por ser negro, porém como ele já sabia disso, ele nem sequer ligava já tinha preparado seu psicológico para tal. Mas em um certo dia ele estava vindo do almoço e ele viu um paciente negro sendo humilhado para ganhar um pirulito do médico (naquele tempo era comum as crianças ganharem pirulitos dos médicos). Ele ganhava pouco mesmo sendo médico diferente de hoje só se ganhava dinheiro naquela época trabalhando. Depois do incidente do menino ele resolveu sair desta vida, ser algo em que seu povo negro possa se orgulhar de verdade dele.

Depois de ter deixado a vida de médico, desempregado, ele começou a frequentar bares de Jazz lá ele conheceu o mano dente de ouro (ele é chamado assim, pois anda com um dente de ouro), com esse seu amigo ele conheceu um novo ritmo que estava nascendo. Ainda estava pouco freqüente nas periferias dos EUA, porém prometia ser algo que revolucionaria o mundo musical.

Glória?[editar]

Quando ele começou o seu novo estilo junto com seu mano dente de ouro, eles não foram muito bem compreendido pela sociedade branca, pois os brancos não viam graça em um ritmo musical onde eles eram esculachados (só por isso) e só tinha choro nem uma batida acelerada. Porém os negros dos bairros humildes adoraram e queriam ouvir cada vez mais. Seu primeiro disco foi Tô esperto, com esse disco ele consegui um pouco de glória, mas foi preso, pois em uma das musicas do disco ele tinha xingando um político influente na época.

Depois de ter passado uma temporada na cadeia, ele pensava que seu futuro como cantor estava arruinado, pois as pessoas não ia querer ouvir um prisioneiro, porém ele estava muito enganado as pessoas estavam sedentas por mais um música dele agora que ele voltou da cadeia não temia mais ninguém. Ele se encheu de orgulho negro que não é muita coisa e resolveu tocar para frente só que agora com um estilo mais agressivo como se não temesse mais ninguém. Depois de sua volta da cadeia seu sucesso foi enorme, suas letras estavam da hora, porém as concorrência começaram a chegar, e sua hegemonia foi acabando seu último sucesso foi, Esfaqueie um cara, depois disso nunca mais ouviram falar dele.

Discografia[editar]

  • Tô esperto
  • Esfaqueie um cara

Galeria[editar]