Largado às Traças

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bernardinho nervoso jpg.jpg Please STOP the music!

Este artigo se trata de cantores, bandas ou músicas cantadas muito, mas MUITO mal.

Emblem-sound.svg Largado às Traças
Dupla sertaneja aleatória #4566
Largadoastraças.png
Capa
Lançamento 30 de janeiro
Produtora Patrocinado pela Globo
Tipo Sertanojo
Featuring ...
Duração 3:37
Trilhas Ninguém se importa


Largado às Traças é uma música horrível que novidade de sertanejo (não é raiz, pelo menos não é universiotário) que é cagada cantada pela dupla Zé Neto & Cristiano em 2018 e atualmente a única música conhecida e considerada "decente" desta dupla sertaneja.

Sobre a música[editar]

A música fala sobre a mesma situação em uma música qualquer de qualquer estilo de sertanejo: Um homem aleatório que estava apaixonado, fez alguma burrada e posteriormente levou chifre da própria mulher e para passar sua vidinha infeliz, basta apenas derramar alguns goles de cerveja (ou insira qualquer bebida com álcool aqui, só difere isso), enquanto toca músicas para chifrudos no fundo e nada acontece feijoada.

O sucesso dela[editar]

Uma pessoa tentando apagar fogo com gasolina.

Como a música da dupla Zé Neto e Cristiano é declarada como um sertanejo não-universiotário, fez sucesso tanto como adolescentes que fingem que adoram este estilo de música, principalmente os universitários que falam top e os trouxas mais velhos achando que seria um sertanejo raiz do Centro-Oeste.

A música por ser um cantor da gravadora patrocinada pela Rede Bobo, a Som Livre, ganhou espaço para ser ouvida pelos pobres telespectadores em mensagens subliminares da própria Globo e começou a se proliferar até mais que os funks de artistas famosos e artistas do KondZilla, principalmente para a própria região Centro-Oeste, que adorou a música e foi uma das mais tocadas de lá, novamente indo parar nas outras regiões.

Ao fazer sucesso e pela Globo não querer promover novamente artistas de gravadoras maiores que a deles mesmo, usou a desculpa que essa música foi tocada mais de 8000 nos bares fãs de sertanejo e pela concorrência ser músicas de artistas que não eram filiados a Rede Bobo, foi óbvio que essa música conseguiu ganhar o prêmio do Funcionários da Globo 2018. Além disso, também ganhou a música mais lavagem cerebral do ano no programa de Tucano Huck.

Controvérsias[editar]

Essa música fez tanto sucesso que causou vários problemas para os brasileiros, e não estamos falando dos ouvidos das pessoas que ouviram sem parar essa música, e sim de idiotas desavisados que levaram ao pé da letra essa música e realmente tentaram apagar fogo na própria casa com gasolina, causando alguns incêndios em casas, além de deixar a população furiosa por ostentar (e gastar) gasolina durante a crise de abastecimento nos postos de combustível do Brasil em 2018.

Alguns dizem que um guarda no Museu Nacional bebeu tanto após ouvir essa desgraça e de tão alcoolizado que estava, tentou realmente apagar fogo com gasolina e deu no que deu, transformando um simples museu em uma churrascaria artística. A Som Livre nem os cantores desta droga de música não se responsabilizaram por isso.

Ver também[editar]