Lollipop Chainsaw

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Lollipop Chainsaw é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, o Agente 47 tenta descobrir o sentido de sua vida.


Pirulitos com Motosserras
Lollipop Chainsaw.jpg

A contraditória capa desse jogo. Percebam o efeito ocasionado pelo arco-íris em contraposição a coloração vermelha da palavra "Chainsaw".

Informações
Desenvolvedor Grasshopper Manufacture
Publicador Warner
Ano 2012
Gênero Zumbis, Motosserras, Upskirts e decotes
Plataformas PlayStation 3
Avaliação 60%
Idade para jogar livre para toda família

Cquote1.png Você quis dizer: A Volta dos Mortos-Vivos Cquote2.png
Google sobre Lollipop Chainsaw

Cquote1.png Você quis dizer: Jogo pra pattys Cquote2.png
Google sobre Lollipop Chainsaw

Cquote1.png Experimente também: Terror Teen Cquote2.png
Sugestão do Google para Lollipop Chainsaw

Cquote1.png Finalmente um artigo na Desciclopédia sem putaria excessiva. Cquote2.png
Descíclope inteligente sobre Lollipop Chainsaw

Cquote1.png Cadê a putaria? Cquote2.png
Noob achando que a Desciclopédia é o Rule 34 sobre Lollipop Chainsaw

Cquote1.png Eles crescem tão rápido... Cquote2.png
Leatherface sobre Juliet Starling

Cquote1.png Filho da puta plagiador! Esse viadinho de bosta vai sofrer nas mãos de Jashin por ter me plagiado, caralho! Cquote2.png
Hidan sobre cabeça falante Nick Carlyle

Cquote1.png BRAINS!! Cquote2.png
Tarman sobre Lollipop Chainsaw

Cquote1.png Essa fedelha não está com nada. Tem que fazer igual a mim, que só vou na joelhada dupla porrada. Cquote2.png
Jill Valentine sobre Lollipop Chainsaw


Lollipop Chainsaw é mais uma das escrotices obra criada por Suda 51 com o intuito de parecer um jogo de verdade. Basicamente, o jogo é feito pra você morrer de rir se divertir do início ao fim. Plagiando descaradamente Dan O'Bannon, Lollipop Chainsaw não passa de uma versão em game e com uma protagonista doida mulher do clássico "A Volta dos Mortos-Vivos", filme caracterizado por zumbis com maquiagem ridiculamente mal-feita que não metem medo nem no Scooby-Doo e protagonistas toscos que mais parecem uma versão americana dos Trapalhões.

Sinopse[editar]

A provável avó de Juliet, nos revelando as verdadeiras origens da protagonista.

Certo dia, em uma farmácia que estava à beira da falência, especializada em vender remédios que ninguém jamais vai pensar em comprar, um coroa desesperado resolve treinar aquilo que seria sua última esperança para que os negócios subam: um adolescente acéfalo. O velho, iludido, estava ensinando o imbecil com o intuito de que o mesmo se tornasse um campeão de vendas com mais persuasão que os picaretas da Polishop, para que conseguisse fazer qualquer trouxa comprar seus remédios mesmos em precisar dos mesmos, prática muito comum entre médicos de postos de saúde e profissionais do séquiço de hospitais públicos.

Entre o ensinamento de uma técnica para enganar otários e outra, o velho, provavelmente por ter esquecido de tomar os remédios, começou a falar sobre zumbis do nada, feito um completo retardado. Então ele comentou para seu seguidor pupilo que tinha guardado no porão, um tambor velho feito de latão enferrujado com uma fumacinha alucinógena dentro, que supostamente servia para reviver os mortos.

Acidentalmente, o pupilo do velho, que já estava chapadão de tanto que ouvia Bob Marley, em um momento de regresso mental distração, se dirigiu até o porão para ver o que tinha na lata, esperando encontrar a dita cuja droga fumaça. Ao abrir, toda a fumacinha alucinógena saiu pra fora do tambor, e de bônus, com um defunto junto. Foi então que o dito cujo do defunto do nada criou vida, devido ao cheiramento excessivo daquele bagulho, que era dos bons. O defunto, que agora tinha se transformado num zumbi chapado, começou a se mexer e mendigar por miolos. O imbecil chamou o coroa e para que a polícia não soubesse de nada, e os dois manés tiveram a brilhante ideia de jogar a carcaça apodrecida no fogão à lenha da vizinha, uma velha de 90 anos com bigode e pele caída.

Juliet e suas irmãs botando pra quebrar.

Aí foi o grande erro dos dois: além de liberar um mal cheiro de enxofre capaz de fazer o próprio Capeta usar uma máscara de oxigênio semelhante aquele trambolho que o Kabal usa, a fumaça do defunto começou a se espalhar por toda a cidade, revivendo todos os defuntos do lugar, que começaram a sair em busca de carne humana e BRAINS!

Perto do lugar, existia uma escola particular conhecida pela sua péssima qualidade de ensino e por seus alunos tão inteligentes quanto um primata, que eram basicamente pattys e playboys. Uma dessas pattys (que curiosamente era loira), conhecida como Juliet Starling, que era uma líder de torcida estava realizando uma festa no lugar em honra ao seu aniversário, na qual foram convidados imbecis dos quatro cantos daquela miserável grandiosa cidade para participarem.

Juliet depois que deixou de ser patricinha e se converteu para o lado gótico da força.

Os zumbis então chegaram no lugar e começaram a devorar todos os convidados. Irritada pelos zumbis terem devorado os únicos pobres do lugar, que tinham sido convidados para invejarem seus presentes, a líder de torcida em questão entra em surto psicótico, pega uma motosserra que roubou de um açougueiro com um saco de pães na cabeça, e começa a esquartejar todoso os zumbis (e também pessoas distraídas do lugar).

Porém, tais zumbis são quase invencíveis, e a loira burra heróina se vê obrigada a esquartejá-los um por um com a motosserra, aplicar-lhes golpes de karatê e para eliminá-los definitivamente, eletrocutá-los um a um.

O jogo segue assim até o final. Resume-se em você controlar a heróina em questão, desmembrar os zumbis, salvar uns pobres coitados que por milagre sobreviveram e aturar uma cabeça irritante que fica te enchendo o saco a fazendo volume feito um completo peso-morto até final. O jogo é tão educativo que existe um troféu que te dão se fazer a personagem ficar beijando a cabeça que vem a ser o namorado dela, com leves insinuações de necrofilia.

Personagens[editar]

Nick, o namorado de Juliet esperando em cima de uma pedra enquanto ela passa a serra em alguns zumbis.
  • Juliet Starling: A personagem principal. Uma típica patricinha irritante. É uma loira burra que sofre de crises psicopatas. Possui um namorado, uma cabeça irritante que se perdeu do corpo e não para de te irritar só pelo fato de estar presente no jogo todo. O fato de ser uma patty irritante compensa caso você também tenha crises psicopatas e adore ver cadáveres sendo desmembrados e esquartejados. Apesar de não ser tão inteligente assim, pode ser considerada a mais esperta do grupo. Com essa informação, já dá para imaginar como é o QI dos demais personagens.
  • Nick Carlyle: Conhecido em outro ventos como Cranicola, é já mencionada cabeça. Um zé-ninguém sem graça que não faria a menor diferença no jogo todo, e que não passa de uma cópia barata do Hidan da Akatsuki. Ninguém gosta desse ser, que é sem graça pra caramba e merecia virar comida de zumbis.
  • Rosalind Starling: Uma típica guria retardada com jeitão de otaka. Vem a ser a irmã mais nova de Juliet, e assim como a mesma, é outra patricinha irritante com tendências psicopatas. Vive chamando Cranicola de "Coisa".
A irmã mais velha de Juliet, prestes a mostrar como é que se mata zumbis de verdade.
  • Cordelia Starling: Uma das personagens mais decentes do jogo, conhecida em outros mundos como Buffy. É mais macho que todos os demais personagens masculinos do jogo juntos, mata zumbis na base da arma de fogo (como todo matador inteligente de zumbis), e dá a entender que Juliet e Rosalind são as ovelhas negras da família, uma vez que não possui jeitão de patricinha. Apesar de ser bonita, é conhecida por ter matado mais de 8000 tarados que estavam de plantão ou dando em cima dela ou de suas irmãs. Acredita-se que na verdade, ela é que tenha sido a responsável por ter decaptado Cranicola. Sua função no jogo e reverter a situação preocupante de patricinhez aguda presente nas irmãs mais novas. Também é psicopata, assim como as outras irmãs.
Elizabeth, a mãe de Juliet. Isso já é de família.
  • Elizabeth Starling: Conhecida em seus tempos de glória como Elizabeth Bathory, é a mãe das pirralhas irmãs Starling, e esposa do Pai.
  • Mariska: Mariska, irmã de Ostroh e prima de Mexillion, é uma zumbi hippie que se transformou em zumbi de forma semelhante aos outros: tragando muita maconha fumacinha alucinógena. Quando viva, era adepta de Bob Marley e ouvinte nata de New Age. Antes de devorar suas vítimas, adora realizar uma oração budista.
Swan, um dos responsáveis por todo o mal da história.
  • Swan: Depois de ser demitido do elenco de Jogos Mortais, Jigsaw ficou muito puto e resolveu elaborar um plano de vingança. Adotando o pseudônimo de "Swan" e com seu Death Note em mãos, Jigsaw resolveu aderir ao Lado Negro da Força, e com a ajuda de seu parceiro George A. Romero, foi um dos principais mentores na difusão da fumacinha alucinógena por toda a cidade.
  • Gideon Starling: Gideon (vulgo "Pai") é o pai das irmãs Starling. É um grande fã de Elvis Presley, e procura se vestir igual aos eu ídolo durante o jogo todo.
  • Zed: Zed é o zumbi punk da história. Se apropria de enormes espinhos na cabeça de coloração vermelha que gosta de chamar de "cabelo". Conhecido por ser rápido e poderoso, demonstra ser uma das pessoas mais sensatas da história. Seu objetivo é matar Juliet por essa ser uma patty fã de Lady Gaga e Britney Spears enquanto ele escuta músicas decentes, o que é algo perfeitamente normal.
  • Josey: Um maluco que não sabe se decidir entre Funk ou Black Metal. É um cara esquisito (e provavelmente com dupla personalidade) que se diz fã do primeiro gênero mas se veste de forma semelhante ao segundo.
  • Morikawa: Morikawa é um velho caduco e pinguço que pensa que é caçador de zumbis. Viciado em cachaça, é o irmão perdido de Chin Gentsai.

Ver também[editar]