Macho Macho Men

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Macho Macho Men ou Pai de Família 3: O Problema na Rosquinha é um filme só pra macho, no caso macho virgem, como o próprio nome indica. Esta é uma produção polêmica, que divide opiniões. Enquanto os mais entusiastas consideram esta produção como a mais fofa da trilogia do Pai de Família, por conter beijos, algo que até então era um tabu, e nunca tinha sido visto nesta máscula série de filmes, os mais críticos consideram este filme nada mais do que um resto de aborto, por conta da atuação pobre de expressão e beleza de Demacol, o lixo humano. Apesar de possuir qualidade questionável, "Macho Macho Men" faz parte da trilogia essencial de filmes de Jailson Mendes, e é importante para a cronologia canônica pois se encaixa exatamente entre os dois outros filmes.

Enredo[editar]

A dupla dinâmica.

Jailson vai em casa, em busca de uma peça para consertar seu fusca, que havia sido requisitada pelo mecânico folgado Kauan Desu. Em meio as procuras, acaba a luz na casa de Jailson, fruto de um problema na rosquinha... de um fusível. Não conseguindo enxergar nada, já que seu olho da frente não é tão grande quanto o de trás, o mito resolve pedir ajuda a um eletricista experiente, que morava ali próximo. O nome da fera é Demacol.

Após uma pequena inspeção básica, Demacol resolve sentar-se no sofá de Jailson para explicar a situação para o mesmo. Então, papo vem, papo vai, sapato que tira, calça que cai, e Jailson já estava assediando homossexualmente o eletricista machão.

Porém, como Demacol é macho virgem, não estava disposto a ceder as investidas de Jailson, e disse em alto e bom tom: "Pode não, sr.".

Jailson então lhe ofereceu uma melancia.

Demacol aceitou. E os dois iniciaram as delícias com um beijo na boca muito másculo, de um jeito que só macho faz. Depois disso, acontecem cenas íntimas, que não serão divulgadas neste recinto.

A cena pós-créditos mostra Jailson pegando a peça, e ao pegar o instrumento, ele diz: "Eita porra, atrasei, aquele mecânico folgado vai comer meu cu", indicando que esse final dará seguimento aos eventos de "Pai de Família 2".

Recepção da Crítica[editar]

Pai de Família 3 recebeu críticas negativas. As críticas negativas se dirigiam à péssima atuação do Demacol, que por sua vez, foi chamado de "sem carisma". O filme tem aprovação de 2% pelo Rotten Tomatoes, com o consenso: "Fraco e inferior aos seus antecessores, "Pai de Família 3" sofre, por um roteiro fraco, e por não trazer a mesma emoção que os seus antecessores trouxeram". Apesar das críticas negativas, foi um sucesso de bilheteria, em parte, por ter sido inicialmente divulgado como uma Prequela para Pai de Família 2, algo que despertava a curiosidade dos fãs, por explicar porquê Jailson demorou para entregar a peça. Apesar do sucesso nas bilheterias, a Ícaro Studios decidiu cancelar a saga principal do Jailson Mendes (Que tinha mais dois filmes planejados), devido à baixa recepção da crítica, resultando em Spin-offs de baixa qualidade.

Importância[editar]

A estória deste filme delicioso passa-se entre a primeira parte de "Pai de Família 2" e o princípio de "Ursos grandes, peludos e mansos". Encaixando-se perfeitamente na cronologia, apesar dos críticos negarem isso, "Macho Macho Men" ajuda a desvendar o mistério do por quê de Jailson ter demorado tanto para entregar a peça.

Este filme é uma das maiores bilheterias nacionais de todos os tempos, em parte por ter pego carona no sucesso absoluto dos dois outros filmes da série.