Major League Baseball (Intellivision)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Major League Baseball (Intellivision) é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, Morrigan solta um Darkness Illusion.


Jogo Foleiro de Baseball
MLB Intellivision.png

Capa do jogo

Informações
Desenvolvedor Mattel
Publicador Mattel
Ano 1900 e guaraná com rolha
Gênero Baseball de bonecos leprosos
Plataformas Intellivision
Avaliação 0/10
Idade para jogar Livre

Major League Baseball para a versão PolyStation para o Atari 2600 é uma das tantas aberrações de tentativas de jogo lançadas para aquele console que ninguém teve, lançado em 1980 numa época em que claramente não havia ainda tecnologia o suficiente para simular um jogo desse tipo, então é necessário muita imaginação para definir que este é um jogo de videogame de simulador de baseball (com jogadores leprosos de baseball, a julgar pela aparência fodida dos bonecos). Quando a Intellivision faliu, recebeu um port chamado Super Challenge Baseball para Atari 2600, uma versão, pasme, ainda mais piorada da versão original.

Recepção[editar]

O jogo é essa merdinha aí.

Este jogo é para os americanos o que Prince of Persia 1 é, por exemplo, para os brasileiros: Um jogo de velho, bugado e fodido que só velhos jogaram e possuem memórias afetivas sobre esse jogo, embora qualquer análise racional defina esse jogo como uma bela de uma porcaria sem Graça e altamente enjoativa. Nenhum brasileiro, felizmente, precisou passar pela tortura de jogar isso nos anos 1980, era jogo de nerd americano mesmo e não fazia sentido nenhum vendê-lo fora dos EUA nos demais países do mundo onde esportes mais emocionantes é que são curtidos, por isso vendeu 1 milhão só na gringa mesmo. Por ser considerado melhor que o Home Run para Atari, foi amplamente elogiado pela crítica da época, mesmo que definitivamente qualquer coisa conseguiria ser melhor que aquele baseball do Atari no qual os jogadores disputam as partidas com derrame cerebral e fazem isso num descampado verde, qualquer coisa mesmo, mesmo esse Baseball para Intellivision que claramente foi desenvolvido com o pinto de alguém esfregando num teclado gigante dos anos 80. Ao contrário do descampado verde do Baseball para Atari, o Baseball para Intellivision tinha as marcações bonitinhas, então era uma coisa a menos para a criança precisar imaginar, porque de resto, os bonecos não andavam, se deslocavam arrastando-se pela grama.

Se o jogo teve um relativo sucesso foi porque nos Estados Unidos as pessoas só gostam dos esporte mais sem graça possíveis, então fica fácil reproduzir um jogo sem graça quando se tem pouca tecnologia a disposição, tanto que dois esportes realmente divertidos, como futebol e porradaria, por exemplo, nunca puderam ser fielmente retratados por muito tempo, tanto que o primeiro jogo de futebol divertido foi apenas o Ronaldinho Campeonato Brasileiro Novienta i Oito de 1998 e o de porradinha foi o Street Fighter de Rodoviária de 1992, vários anos depois do Baseball de Intellivision.

Produção[editar]

Um dos jogos mais vendidos do Intellivision, foi desenvolvido pela Mattel, quando algum estagiário deu umas cabeças no teclado da empresa e acabou acidentalmente formulando os códigos para o jogo. Os direitos de imagem da Major League Baseball foram comprados por uns trocados, mas por pura incapacidade da Mattel, não há nenhum time ou nome de jogador, e a única coisa utilizada da MLB foi o nome e o logotipo na capinha do jogo, ou seja, nem precisava gastar dinheiro com isso então, era só chamar o jogo de PES Baseball '80 ou Campeonato Baseball 1980.

Jogabilidade[editar]

Não há muito o que se dizer (e fazer nesse jogo). Se assistir baseball de verdade já é um tremendo saco e ficamos mortod e sono só de ver uns 10 minutos daquele jogo onde nada acontece, imagine então uma simulação bem da mal feita de um esporte totalmente sem graça? Mas enfim, você controla um grupo de azuis que enfrentam um grupo de vermelhos, mas como as regras do baseball são completamente fudidas, você não entende nada desse jogo, tem que rebater uma bola (que na verdade é um quadrado branco) e correr com um dos bonecos... Enfim, coisa de regra fudida de baseball que ninguém tem interesse em saber como é.

Há a possibilidade de realizar várias jogadas, táticas e movimentos típicos do baseball, mas você não vai realizá-las. Primeiro porque esse jogo é uma merda e você nunca vai jogá-lo até porque esse console nem existe mais e você não vai se submeter a adquirir um Intellivision Lives!, segundo porque não entende nada de baseball como qualquer brasileiro que se preze, e se for hipster o bastante para entender o que é baseball, suas regras e compreender a diferença entre um rundown e um suicide squeeze, até este jogo será hipster demais pra você se interessar em adquirir.