Marcie Stanler

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Deppmorte.gif
Marcie Stanler
é uma vítima infeliz e sem sorte!

Escolheu uma péssima hora para fazer sexo


Marcie Stanler foi mais uma vítima de Pamela Voorhees, e a primeira mulher a descobrir que não se deve dar o toba no acampamento de Crystal Lake, pois os zeladores do lugar, que são os membros da Família Voorhees, não suportam o cheiro de sexo, pois isso os faz lembrar que são eunucos.

Características[editar]

Stanler é a instrutora mais bonitinha de Crystal Lake, que foi contratada apenas porque Steve Christy estava precisando atrair turistas masculinos com as suas carteiras polpudas para o acampamento que estava para reinaugurar. Fora isso, Stanler serviu apenas para tornar o filme Sexta-Feira 13 mais interessante, mostrando os peitinhos na primeira de muitas cenas de sexo que aconteceriam nos filmes da série.

Uma característica marcante de Stanler é o seu medo de tempestades, pois durante a infância, ela teve um sonho em que tinha a rosca queimada por um raio liberado por aquela afrodescendente dos X-Men.

Ela também namora Jack Marand, um outro sujeito que sofreu uma morte terrível por ter se atrevido a transar dentro dos domínios dos Voorhees. Aparentemente, Stanler estava apaixonada por Marand, pois só mesmo estando muito apaixonada (ou bêbada) para namorar com um sujeito tão feio e inútil, que nem teve a capacidade de se defender de uma velhinha esquizofrênica de 800 anos.

História[editar]

Pamela Voorhees foi apenas mal-interpretada. Como podemos notar na imagem, ela não tinha a intenção de matar Stanler, Pamela apenas queria mandá-la pro inferno fazer-lhe uma cirurgia de transplante de cérebro sem anestesia.

Stanler aparece pela primeira vez fumando uns baseados no banco de trás do carro de seu namorado Jack Marand, apenas para esquecer que terá que passar o verão inteiro próxima de Ned Rubenstein, um mané com uma camisa 88 que enche o saco de todo mundo com as suas loucuras e piadinhas escrotas copiadas de algum livro de piadas de 1,99.

No acampamento, Stanler se apresenta para o poderoso chefão, Steve Christy, que apenas pede para ela rebocar ainda mais a cara, pois sua beleza seria fundamental para atrair o público masculino. Então, enquanto seu namorado ficou carregando tijolos a tarde inteira, Stanler foi melhorar a aparência pintando a cara com as tintas Suvinil.

Mais tarde, quando já tinha terminado de se aprontar, Stanler aproveitou que Steve tinha ido encher a cara no boteco, e ficou algumas horas no maior amasso com seu namorado. Apesar do casal ser interrompido pelo imbecil do Ned, Stanler não perdeu o clima, e chamou Marand para o dormitório, onde os dois decretariam suas mortes ao fazer sexo em um filme de terror.

Após a noitada, Stanler foi ao banheiro, para limpar os resíduos de esperma que ficaram em seu ouvido, devido ao sexo auricular. Chegando lá, Stanler começou a lavar a cara, e percebeu que tinha alguém além dela por ali. Pensando que era mais uma brincadeira tosca do inútil do Ned, ela foi investigar sem se preocupar com nada. O que ela não sabia é que quem estava lá era Pamela Voorhees, uma velhinha doida e psicopata que, sem pensar duas vezes, sentou uma machadada na cara de Stanler, pois era eclética, e estava cansada de ficar apenas passando a peixeira no pescoço de suas vítimas.