Martin Van Buren

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

CoffinDance.jpg

Martin Van Buren já morreu!

Mas pode voltar como zumbi...

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno

Martin Van Buren e suas costeletas: símbolo da masculinidade e sensualidade.

Martin Van Buren foi um grande traficante, assassino, estuprador e presidente dos Estados Unidos. Além disso, Van Buren era líder de uma Boy Band, os Van Buren Boys.

Infância[editar]

Martin cresceu no bairro americano de Little Roça. Filho de um ex-comandante nazista holandês e uma lavadeira austríaca, Martin sempre arrumou confusões em seu cortiço, entrando em brigas com os outros garotos. Os únicos amigos de Martin se chamavam B.J., Kevin e Will, três traficantes-juníores.

The Van Buren Boys[editar]

Fã e eleitor de Van Buren fazendo seu sinal manual característico.

Depois de anos traficando maconha e gatinhos, Martin e seus amigos se reuniram para cantar no karaokê. O boteco inteiro se animou com o quarteto cantando clássicos de Sidney Magal e Cauby Peixoto. Mariozinho da Rocha, um famoso produtor musical assistiu ao espetáculo e os convidou para cantar em uma banda, com Martin como líder. Os Van Buren Boys deslancharam e uma legião de fãs copiava o sinal manual que Martin fazia nos palcos (que, na verdade, era um código nazista ensinado por seu pai).

Presidência[editar]

Com o decadente fim da banda, Martin resolveu se envolver em política. Humildemente, Martin em sua primeira oportunidade se candidatou a presidência, contra Barney. A vitória do ex-boy band foi esmagadora contra o dinossauro roxo. Enquanto isso, em Little Roça, um traficante chamado Michael Aroostook resolveu acabar com Martin, seu ex-funcionário. Com um grupo de traficantes, Aroostook atacou a Casa Branca. Assim começou a Guerra de Aroostook. Com seus conhecimentos militares herdados do pai, Van Buren venceu a guerra, deixando um rastro de sangue no país inteiro. O povo (burro é claro) não gostou de ter seu Boy Band Leader favorito matando traficantes. O resultado? Impeachment nele!