Marvel vs. Capcom

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

{{#logotipo:http://images.uncyc.org/pt/b/b7/Capcompédia.png}}

Virtualgame.jpg Marvel vs. Capcom é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Banjo pega mais uma peça do quebra-cabeça.


Mattel vs Crapcom
Mattel vs Crapcom.png
Logo da série
Gênero Porradinha frenética
Desenvolvedor Capcom
Publicador Capcom
Plataforma de origem Arcade
Primeiro lançamento X-Men vs. Street Fighter (1996)
Último lançamento Marvel vs. Capcom: Infinite (2017)

Marvel vs. Capcom é uma série de jogos crossover (português: Suruba), sendo a primeira série de jogos de versus. O jogo é obrigatório em zonas de arcades, shoppings sem arcades de Marvel vs. Capcom possuem 70% a mais de chances de sofrerem vandalismo por apedrejamento e furto em massa do que shoppings que tenham fliperamas de Marvel vs. Capcom.

O jogo alcança grande carisma, porque seus personagens mantêm o estilo de luta da jogabilidade dos Street Fighter de Rodoviária.

História[editar]

Megaman tentando pegar na bunda da Chun-Li, um bom resumo do que é essa série.

Bom, a história começa quando já ta tudo um caos , então vamos partir para quando estão tentando resolver o negócio...

O mundo está um caos após misteriosamente aparecer uma espécie de robô gigante em cima de um prédio que, criativamente, vai destruir o mundo . Quando esse tipo de coisa acontece os heróis da DC Marvel entram em ação, mas dessa vez uma coisa mais preocupante chama a atenção: uma grande quantidade de pessoas/coisas de outra dimensão aparece para ajudar/atrapalhar a ação da Marvel , eles só falam japonês (e os da marvel só inglês!! Sério!) e se auto denominam Capcomons ... Durante um tipo de brincadeira pra ver quem vai salvar o mundo eles acabam virando amigos/inimigos influenciando na história (já que eles nem deviam estar alí) .. Eles lutam aleatoriamente entre si até que 1 consiga chegar no topo do prédio e lutar contra o Onslaught.

Como todo jogo de buteco da esquina arcade, o final varia de personagem pra personagem , o final pode ser completamente sem sentido , sem qualquer tipo de explicação ou o sem nem fazer referencia ao o que aconteceu , ou, pode dizer que foi tudo culpa do Xico q teve seu lado negro da força fundido com Maggie durante um ataque de raiva após levar um xequemate no xadres ( ah vá) , e seu lado branco da força decidiu abrir um portal pra Chaosrealm Capcomland , invocando os Capcomons.


A série Marvel vs. Capcom é famosa por ter histórias que unem os dois mundos mas elas não fazem o menor sentido. Fez sucesso imitando as batalhas em dupla do Mortal Kombat nos três primeiros jogos. No demais seguintes usaram um sistema totalmente sem criatividade inovador de Tag Battle 3 contra 3.. Certo dia, os criadores da Capcom fizeram um acordo com a falida Marvel, criaram essa merda.

Apesar de tudo, é possível encontrar algumas referências e cruzamentos bizarros de histórias entre os personagens convidados da série como Sephiroth menos Homem de Ferro é igual a Dante:

Série[editar]

Personagens[editar]

Morrigan estuprando o Wolverine.

A série conta com personagens da Capcom dos jogos mundialmente famosos Luta de Rua, Andarilhos da Noite, Mega Mano, Strider, Residencia do Mau e Malvado também chora e Cafetão do Comando.

A Marvel apresenta quinhentos personagens, um mais fodastico que o outro, eles sao de Homens X, além do Homo-Aranha, sem falar nos Os Vingadores: Cafetão Escudeiro, Homem de Alumínio, Repolho Multante e alguns vilões que ninguém nunca ouviu falar (leia: Dorgas-Manu).

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Marvel vs. Capcom no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg
v d e h
Marvel vs Capcom logo.png