Minamoto no Tametomo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mitsurugi-ronin.gif Este artigo é sobre um samurai!

Tire a honra dele vandalizando seu artigo
que ele o retalhará!

Tametomo mostrando que tem um pauzão.

Minamoto no Tametomo foi um samurai lendário conhecido por ter sido campeão olímpico de arco e flecha, trazendo a primeira medalha de ouro esportiva do Japão.

História[editar]

Integrante do tradicional clã samurai Minamoto, Tametomo e sua família foram personagens históricos importantes durante o Período Heian, lutando na guerra civil contra o ditador Taira no Kiyomori. Apesar de ter pai e irmãos que também eram guerreiros, o único que realmente ficou famoso foi ele, devido a suas impressionantes habilidades como arqueiro. Reza a lenda que este talento era por causa de uma diferença de dez centímetros que o braço esquerdo tinha a mais que o direito, isto porque Tametomo era canhoto e costumava exercitar mais o braço esquerdo enquanto espiava as gueixas tomando banho nas fontes termais.

Com inveja de sua fama e prestígio, baixou o Nero em seus parentes recalcados e resolveram tacar fogo no palácio imperial para culpar Tametomo, fazendo com que ele fosse banido para uma ilha deserta. Naquela época, ninguém sabia que o Japão era um arquipélago, portanto a tal ilha não era tão deserta assim, mas sim apenas mais uma das várias penínsulas do país. Tametomo então se adonou do lugar e fundou o reino de Okinawa, do qual se autoproclamou imperador.

Tametomo era ciumento e não queria saber de outras pessoas habitando sua ilha, permitindo que somente youkai morassem ali. Chegou a afundar um navio inteiro disparando uma única flecha para impedir que o clã rival Taira desembarcasse no local. Claro que aquilo deu merda, e logo foram enviados reforços para vingar o exército morto. Os Taira remanescentes capturaram Tametomo e o levaram até Kiyomori, que amputou o braço esquerdo do guerreiro como castigo, deixando-o em uma profunda depressão por não poder mais atirar flechas e nem se masturbar. Perdendo a vontade de viver, Tametomo usou o braço direito para cravar uma flecha na própria pança, realizando o primeiro seppuku da história.