Mizoram

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Mizoram é um pedacinho de nada da Índia sendo um dos estados mais inúteis do país, se ele fizesse parte da Birmânia ninguém notaria a diferença.

História[editar]

Mizoram.jpg

A colonização deste charco foi feito pela tal tribo mizo, uma versão medíocre de tailandeses com um péssimo gosto estético similar aos bolivianos pelo gosto do uso de ponchos multicoloridos xadrez. Por algum motivo eles gostam de se comportar como índios sul-americanos vestindo cocares e dançando coisas estranhas, ao invés de estarem fazendo algo mais útil para humanidade, como os índios mexicanos astecas e irem estudar astronomia.

O fato é que eles são tão desconhecidos, que mesmo todos por lá tendo uma baita cara de tailandês, acabou sendo pego pelos colonizadores britânicos como parte da Bengala Ocidental.

Após o colonialismo britânico no sul da Ásia ter acabado, o povo mizo se organizou para tentar a independência, porém raciocinaram bem e perceberam que eles se tornariam um país mais medíocre que a Birmânia, então imploraram para serem integrados à Índia, que como tem mania de grandeza, acabou aceitando este pequeníssimo território a mais, e agora, os mizos ficam jogados lá, cozinhando seus miojos.

Geografia[editar]

O pequeno estado do tamanho de Alagoas se encontra localizado entre Bangladesh e Myanmar, ou seja, não tem escapatória. Quem nasceu ali, morrerá ali.

Por causa das já conhecidas monções lá chove tempestades todos dias, por isso ninguém perde tempo por lá construindo edifícios que sabem que serão destruídos pela natureza, todos vivem apenas em cabanas, pois são muito mais fáceis de reconstruir.

Língua[editar]

Mizoram orgulha-se por ter o segundo maior índice de alfabetismo da Índia, afinal, lá eles falam a língua mizo, e para aprendê-la é fácil demais, pois este idioma não possui uma forma escrita e suas palavras aleatórias são na maioria das vezes intuitivas.