Modelo atômico de Rutherford

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
ESTE ARTIGO É SOBRE QUÍMICA

Eita negoço pirigoso, sô!.jpg

Cquote1.png Que porra é essa? Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre O átomo de Rutherford

É o conjunto de ideias que transforma amenor parte do corpo humano em uma galaxia, criada pelo filosofo Rutherford.

História[editar]

A experiência com projéteis radioativos[editar]

Um dos mais renomados cientistas de Cambridge, Ernest F.D.P. Rutherford (2034 a.c-?), sabendo da guerra iminente que seu país ia passar, resolveu testar sua metralhadora de balas radioativas (naquela época todas balas eram radioativas, para exterminar de vez o inimigo) num dos laboratórios da universidade. Sua intensão era criar uma barreira blindada contra balas. Testou vários materiais, incluindo merda, até que lhe restou experimentar um último material: o ouro. Como era vagabundo, não tinha dinheiro para a compra do material, logo ofereceu seus "fundos" ao reitor, que era viado, e assim conseguiu, em uma das suas "transações" econômicas, roubar o anel de ouro que o mesmo portava. Chegando em seu laboratório em 1911, Rutherford amassou tanto o anel que ele tornou-se uma finíssima chapa de ouro. Pressentindo que ia se fuder conforme previa a Murphydinâmica Quântica, com sua metralhadora radioativa, Rutherford disparou vários tiros na chapa (que estava a meio metro), errando todos. Em sua segunda tentativa (agora a 30cm da chapa) para sua surpresa algumas balas que ele incrivelmente acertava, ricochetearam chegando a abrir vários buracos em sua cabeça(onde o vácuo era abundante). Caído ao chão em meio a muita merda e vários outros materiais nojentos da última pesquisa, Rutherford decidiu repetir a experiência, só que agora com uma tela de sulfato de zinco atrás para registrar o que descobrira: o ouro era o único material (que Rutherford conseguira acertar) que ricocheteava algumas balas. Pensou então que o exército poderia utilizar coletes a prova de balas banhado a ouro, assim só algumas(a maioria) das balas penetrariam nos coletes, provocando uma queda imensuravelmente pequena nas mortes. Iniciou-se a pesquisa (agora a miseros 3mm da chapa), das três mil e quinhentas balas que Rutherford dispunha, acertara somente dez, apenas um ricocheteou acertando novamente sua face.

O modelo Atômico de Rutherford[editar]

Eis o coiso aqui.

Caído ao chão, Rutherford em estado de alucinação. Observou vários pequenos corpúsculos onde circulava outros corpúsculos ainda menores e desmaiou (o que Rutherford na verdade observara eram as merdas circuladas por moscas, pois ele nunca limpava o laboratório).Quando acordou muito entusiasmado alegando ter visto o átomo, observou a tela de sulfato de zinco e pode constatar que estava certo pois ela exibia imagens extranhas. Num artigo deste mesmo ano Rutherford apresentou seu modelo atômico, onde o átomo era em sua maioria feito de espaço vazio(chegou a esta conclusão pois as balas ricocheteavam em direção à sua cabeça e esta era vazia), onde os elétrons circulavam o núcleo atômico. Ernest F.D.P. Rutherford ironicamente recebeu em vez do Prêmio Nobel de Física (como esperava), acabou recebendo o prêmio Nobel de Química, por inventar a primeira merda radioativa da História, e o Prêmio Nobel da Paz por ter criado o colete banhado a ouro à prova de balas radioativas, diminuindo quase que insignificantemente o número de mortes na guerra, e acabando assim com a fabricação de balas radioativas (quem ia querer produzir balas que fossem desviadas?).

Veja também[editar]

A experiência de Rutherford

v d e h
Modelos atômicos
Átomo maciço
Modelo atômico de Demócrito · Modelo atômico de Dalton · Modelo atômico de Thompson
Átomo planetário
Modelo atômico de Rutherford · Modelo atômico de Rutherford-Bohr
Átomo quântico
Modelo atômico de Schrödinger