Monster Rancher Battle Card: Episode II

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Monster Rancher Battle Card: Episode II é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Sub-Zero tenta lhe congelar.


Monster Rancher Battle Card: Episode II
Episode II.jpg
Informações
Desenvolvedor GRC
Publicador Tecmo
Ano Sei lá
Gênero Truco
Plataformas Roda em qualquer calculadora de camelô
Avaliação 0%, pois Robertão não ganhou uma única partida
Idade para jogar -10

Cquote1.png Nenhuma informação encontrada Cquote2.png
Super computador da NASA sobre Monster Rancher Battle Card: Episode II
Cquote1.png Isso não existe, é pura invenção da parapsiquê! Cquote2.png
Todas as versões da Wikipédia, querendo justificar o fato de não terem um artigo sobre o jogo

Monster Rancher Battle Card: Episode II é mais um plágio descarado de Yu-Gi-Oh! Forbidden Memories, que tentou (sem sucesso) pegar uma carona na popularidade desse jogo.

Enredo[editar]

Não tem história. Você começa o jogo com um baralho medíocre, e deve sair por aí desafiando NPCs para ganhar cartas novas e ir melhorando a bagaça gradativamente. Creio que nem é necessário dizer que essa é uma missão quase impossível, principalmente se você estiver jogando no modo difícil, pois como a máquina sempre sabe quais cartas estão na sua mão, ela monta uma estratégia para deixá-lo sem jogadas.

Método de batalha[editar]

Nesse jogo, você deve escolher 3 monstros quaisquer e jogá-los em uma rinha. Para fazer eles atacarem ou se esquivarem dos ataques dos oponentes, você deve usar as cartas do seu baralho. Nem preciso dizer que nunca virá a carta que você precisa na hora que você precisa. Se algum dos seus monstros morrer, o ditocujo não pode mais usar habilidades e/ou ataques. Só depois que algum dos seus monstros morrer é que você começará a tirar as boas cartas referentes a ele. Se todos os seus monstros morrerem, você perde o jogo e ganha uma multa do IBAMA.

Cenas como essa, de um olho gigante sodomizando uma súcubu, são super comuns nesse jogo.

Existem dois métodos de vencer, que não importam muito, já que você nunca venceu uma partida mesmo. O primeiro método consiste em descer a mamona em todos os monstros do oponente, e vencer por nocaute. O segundo método, amplamente usado por cagões, cagados e cagoetas, consiste em vencer por falta de cartas por parte do oponente. Quando o oponente não tem cartas suficientes para ficar com 5 na mão, ele perde automaticamente.

Jogabilidade[editar]

Esse é mais um daqueles jogos que você consegue zerar apenas apertando o "X". Acredite, aqui o "X" é uma espécie de botão universal, ele serve pra tudo. Esqueça dos outros botões, eles não servirão para porra nenhuma, com exceção do triângulo, que será usado em raríssimas vezes, quando você escolher a carta errada e quiser cancelar a escolha.

Sonoplastia[editar]

Não tem músicas. Para o jogo não ficar (ainda mais) xoxo e monótono, os produtores colocaram alguns efeitos sonoros bem água-com-açúcar, que lembram muito os sons do Pong, no Atari. Enquanto estiver jogando, os produtores de Monster Rancher Battle Card: Episode II recomendam que você coloque a televisão no mudo e ligue o rádio, ou MP3, ou qualquer outra merda que toque as suas músicas favoritas.

Veja também[editar]

v d e h
Monster Rancher logo.png