Mundus (Devil May Cry)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é sobre um(a) chefão!

Não importa quantos loads e continues você usar e o quão viciado você esteja, ele continua acabando com sua raça!

Gaimeouver.jpg
Demitri-dr.gif Este artigo é sobre um demônio!

Provavelmente tem asas de morcego, chifres de bode e/ou um rabo esquisito, além de perturbar você e cometer atrocidades. Não clique aqui se preza por sua vida!

Mundus
Mundus-DMC1.jpg
Nascimento 0 de porra nehuma
Inferno
Idade Mais velho que sua avó
Altura Mais de 2 metros, isso eu garanto
Peso Pessado
Estilo de luta Porradeiro
Arma preferida raios, choques e apelância
Técnica Máxima Secreta Todas seus ataques tirão sangue pra caralho
Religião Mundismo
Profissão Chefão
Característica marcante Foi o maior vilão de DMC
Comida favorita Trish e a mãe do Dante
Frase favorita Cquote1.png Trish, kill him! Cquote2.png
Esporte Ser derrotado por Dante
Mania Apelar pra você não zerar o jogo

Cquote1.png Você quis dizer: Raimundos Cquote2.png
Google sobre Mundus (Devil May Cry)
Cquote1.png Jackpot! Cquote2.png
Dante sobre Mundus
Cquote1.png Arrombado, matou a minha mãe duas vezes! Cquote2.png
Vergil sobre Mundus
Cquote1.png Obrigado por ter me criado, mas agora vou morar com o meu novo namorado, beleza? Cquote2.png
Trish sobre Mundus
Cquote1.png Sou melhor que dele! Cquote2.png
Sparda sobre Mudus
Cquote1.png Ele lembra a mim em aparência no primeiro jogo! Cquote2.png
Deus sobre Mundus

Mundus Raimundo Demoinhão da Silva (0 de porra nenhuma, ano 1, inferno) é o demônio chefão principal da franquia de jogos Demônio Pode Chorar, e logo, o pior inimigo do Justin Bieber grisalho Dante, o filho de SPARDAAAAAA!!

Se você é um jogador de DMC, já deve saber que a franquia sofre com um bug grande em sua cronologia, sendo assim, eu vou conta primeiro sua história nos jogos lançados após o primeiro jogo, já que os acontecimentos destes se passam antes do primeiro da franquia a ser lançado.

História[editar]

Mundus é um daqueles caras ruins, capazes de roubar doces de crianças e empurrar velhinhas pro meio da rua para serem atropeladas pelos carros que trafegam por lá e até maltratar seus próprios animais, coisa que Dante presenciou no primeiro jogo e ficou chocado. Tudo começou quando Mundus começou a querer subir na hierarquia infernal, e por conta disso, decidir matar o antigo rei, imperador, governador ou sei lá caralho quatro que o cara era no submundo. Então, quando Mundus matou o antigo manda chuva do beleleu, ele automaticamente herdou todos os seus reinos no inferno, apesar de não ser um parente ou algo do tipo, mas enfim, isso ainda não deixou Mundus satisfeito, pois ele queria dominar GERAL, ou seja, o mundo humano também.

Eva, a mulher de Sparda que o Mundus mandou que estrupassem matassem.

Mundus então reúne todo seu exército incluindo demônios, AIDS, inflação, Dilma Rouseff, Boku no Pico e um monte de virús como ebola contra a humanidade, porém um outro demônio fodão chamado Sparda impedi seus planos só de sacanagem, prendendo Mundus e todos o seu exército na torre Temen-ni-gru para sempre usando o jutsu de selamento. No entanto, Mundus também "só de sacanagem" mandou seus capangas matarem a mulher de Sparda, Eva, que também era mãe de Dante Sparda e Vergil Sparda.

No Devil May Cry 3[editar]

Vergil lutando contra as bolas de gude gigantes de Lúcifer Mundus numa cena de 4 segundos que você esperou os créditos inteiros do jogo acabarem pra poder ver.

Se passados alguns anûs anos, um dos filhos de Sparda, o Vergil, acaba sendo convertido pro Lado Mundus da Força após ter se encontrado com o Mundus, lutado com ele e perdido a luta num lugar escuro e pouco confortável pra qualquer humano, menos pra Vergil que é meio humano e não tem frescura. Tal porradaria entre os dois ocorreu no jogo Dêbil May Cray 3: Dante's fucking, onde Vergil acaba chegando nos domínios de Mundus por conta de Dante não ter segurado a mãozinha do seu maninho quando estava num precipício, que dava pra esse lugar caso você sobrevivesse a queda do precipício e andasse por alguns quilômetros. Nessa sua pequena participação em DMC 3, Mundus nem aparece direito, já que apenas podemos ver seus olhos que tudo vê.

No Devil May Cry 1[editar]

Depois dos acontecimentos de Devil May Cry 3 e passando para Devil May Cry 1, Mundus manda uma vagabunda igual a mãe de Dante chamada Trish para atrair Dante e leva-lo numa de suas residências em Itamaracá, ao qual estava cheia de seus seguranças fortemente armados com: armas de choque, animais venenosos, espadas e até lobos. Dante foi pra tal local achando que, primeiramente, iria comer a Trish, e depois fazer uns demoniozinhos chorar, mas era o Mundus quem iria fazer Dante chorar, e MUITO, já que ele o fez passar uns bons perrengues naquela joça, e ainda fez fazer Trish lembrar da mãe dele só para fazê-lo ter crises de depressão durante toda a campanha do jogo. Porém quando Dante se encontra com Mundus em sua forma de estátua (que por sinal, é maior que aquela do Abraham Lincoln, localizada em Washington), que lhe prende com super bonder ao chão sem que ele possa se mover e dispara um lazor raio gay em sua direção afim de fude-lo com viadagem pelo talo, Trish aparece e se sacrifica pra salvar seu macho amigo e impedir que ele vire fresco. Dante fica puto por Mundus ter feito o fez com a Trish e se transforma em super saiyajin 4 sua forma Devil Trigger e parte pra cima dele. Mundus apela também e a partir daí os dois resolvem suas tretas no espaço-tempo ou em algum buraco (ui!) de minhoca que acabou levando eles pra um vulcão ao qual eles lutaram de boas e nem se importaram se ele começasse a entrar em erupção. No final, Mundus é derrotado por Dante, mas retornar de novo só pra levar outra surra, porém desta vez, muito mais feio do que antes só pra depois ser derrotado de novo.

No DmC: Devil May Cry[editar]

Dante versão playboyzinho e americanizado, descendo o cacete em Michael Chiklis Mundus de novo no DmC: Devil May Cry.

Nesse novo jogo de DmC, toda a história de Mundus é recontada, só que do mesmo jeito e com o diferencial de que dessa vez ele percebeu que devia investir em suas ações lá nos EUA se quisesse ter dinheiro o suficiente para poder comprar armas poderosas o bastante pra derrotar o Dante no reboot. Mundus, então, ficou tão rico, influente e poderoso que mandava até no George Bush e no Barack Obama, já que os dois deviam pra grana pra ele, e também arrumou uma namorada chamada Lilith, só que ao invés de ser gostosa como a da mitologia ou aquela cocotinha do Darkstalkers, essa versão do DmC ficou ainda mais feia que a sua mãe atualmente, porém isso não impedia o Mundus de dar umas bimbadinhas nela de vez em quando. Agora, vendo que tinha uma nova chance, Mundus não perdeu tempo e fez o quê? isso mesmo, fudeu com a Eva de novo, a qual teve seu coração arrancado do seu peito por Mundus numa cena brutal que mais parecia ter vindo de Mortal Kombat. Ah sim, quase ia me esquecendo de citar nesse artigo que no novo DmC a Eva é um anjo, o que a torna mais gostosa ainda pra sorte dos punheteiros gamers que jogam DMC.

Outra coisa que Mundus fez também foi dar um jeito em Sparda, o colocando num cantinho especial no inferno para ser sodomizado pelos outros demônios, o que é uma coisa humilhante para o lendário pai dos irmãos Dante e Vergil. Porém, mesmo com o reboot total da franquia, Dante não se esqueceu de quebrar a cara do Mundus, e ainda por cima com a ajuda de seu irmão Vergil que só foi ficar malégno lá pro final do jogo. Juntos, os dois irmãos matam o Mundus pela segunda vez, e parece que depois desta ele não volta mais, a não ser que a Ninja Theory decida trazer ele de volta num futuro segundo jogo do reboot.

Mundus infelizmente desta vez não criou a Trish, entretanto, temos uma garota chamada Katie que até dá pro gasto, tanto que o Mundus até tirou uma casquinha após rapta-lá e mante-la em cárcere privado por algumas horas. Mundus é também dono de uma boate de strippers, as quais se vestem de anjo todas as vezes que o Dante dar uma passadinha por lá só pra poder agrada-lo, já que agora ele tem fetiche por garotas com fantasias de anjo (ele acha que as deixam mais sexys, e ele está certo, pois afinal, quem não quer fuder com uma anja, não é mesmo?). Atualmente Mundus é mais parecido com o ator norte-americano Michael Chiklis do que com um demônio propriamente dito.

Ver Também[editar]

ReaperlogoDare.gif Mundus (Devil May Cry) já morreu!

E te vigia lá de cima (ou lá de baixo)

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno

v d e h
Devil-may-cry-logo.png