Nami

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Montfortpoulpe.jpeg Este artigo é aquático!

E é especialista em natação. Se você vandalizar, ele te joga uma tsunami, então cuidado com os tubarões e não leia sem usar uma máscara de oxigênio.


Cquote1.png Você quis dizer: Inhame Cquote2.png
Google sobre Nami (League of Legends)

Cquote1.png Querida, recalque de piranha não atinge sereia! Cquote2.png
Nami tendo uma conversa saudável com as inimigas

Nami (A Conjuradora das Marés) é alguma das filhas que Iara teve com algum índio aleatório, abortou no mar e veio parar nesse joguinho de nerds tetudos, League of Legends junto com outros personagens abortinhos. Ela também é conhecida por ser uma maga bem úmida, molhadinha, e com um belo rabo.

História[editar]

NamiSquare.png
Nami ao acordar sem maquiagem. Esse mundo de celebridade não é fácil!

A história de Nami é manjada assim como todas as outras histórias no League of Legends. Ela é a ultima sobrevivente de uma raça ai de sereias pré-históricas com o mesmo ancestral comum de uma baleia, nome cientifico Gordensis F. Alcionensis, e por isso eram bem gordas e bojudas. Porém com a Idade Contemporânea chegando junto com a imposição da moda e dos padrões de beleza, essa raça entrou em extinção quando todas as sereias tentaram emagrecer das mais variadas formas, como usando cintas de velhas pra esconder as banhas, ou tomando aquelas pílulas feita com óleo de figado de bacalhau com gosto de atum e cheiro de salmão. Foi difícil deixar os hambúrguer de siri de lado, Bob Esponja ficou sem clientes e por isso essa raça entrou em extinção, já que nenhum tritão queria uma sereia magra, só as gordinhas com pelo menos 120 quilos, assim ninguém transou e todos morreram tristes para sempre. Claro, sempre existe as exceções: Nami, a sereia feliz a que este artigo se trata, nasceu com câncer e por isso era magra, esbelta, com covinhas na cintura e espaço entre as barbatanas. Diante desse mal, Nami se tornou uma sereia solitária nesse mar tão vasto, e não tinha nem um tritão pra ela dar uns pegas nem nada, nem um Gameboy pra passar o tempo, uma revista da Turma da Mônica, Nami acabou se tornando depressiva. A luz do fim do túnel, foi quando Nami se livrou das drogas encontrou um livro de magias abandonado entre umas pedras nas ruínas do Titanic, provavelmente o mesmo que Rose lia antes de dormir.

Podiam ser citadas todos os aprendizados de Nami com aquele livro, porém foram mais de 8.000. O mais importante foi com certeza, poder andar fora da água sem morrer, e ainda ficar com uma aguinha embaixo do rabo que a ajuda na locomoção como a esteira de uma escada rolante. Entre essas e outras, Nami também aprendeu a usar habilidades de água - nada original, vale ressaltar, um ser da água usando magias de água... Com tantos grandiosos poderes (ou não), Nami foi atrás de algum mago em Bilgewater procurar saber como ela poderia ressuscitar sua raça. A resposta que ela teve foi: procurar uma pedra chamada "Pedra da Herbalife", que seria capaz trazer sua espécie de volta a vida, e ainda deixar todo mundo magérrimo no shape do formato (só não foi explicado como). Então com a singela frase de motivação "VOLTA PRO MAR OFERENDA", Nami voltou para as profundezas do oceano em busca irrefreável e eterna da lendária pedra. Depois de muito procurar por 30 minutos, se cansou, chorou um pouco e reclamou de câimbra na escama, e acabou entrando no League of Legends pra pedir ajuda em busca da pedra - na verdade entrou porque não tinha mais nada pra fazer da vida mesmo, e seria legal ter uma sereia lá.

Habilidades[editar]

Nami em sua skin "Nami Água de Menstruação".

As habilidades da Nami são tão poderosas e devastadoras, que ela é considerada uma singela suporte. Ela é capaz de lavar a sujeira que você leitor é, em busca de vitória nos campos da justiça. Algumas habilidades da Nami lavam a o cabelo, outras o corpo inteiro e algumas ainda servem só pra lavar o sovaco, mas nenhuma infelizmente consegue lavar o peito do pé de Pedro porque é preto. Apesar disso tudo, Nami também é bastante frágil, como aquela vidraça que sua mãe vem te bater de chinelo após saber que se esparramou no chão e virou poeira cósmica. Com um bom posicionamento, Nami consegue acertar todas suas habilidades, sair ilesa e ainda lavar os cus alheios nas lutas de time. As habilidades da Nami são compostas por:

Maré Oscilante (PASSIVA): É a própria água de chuca que fica se mexendo embaixo do rabo de Nami, e que fica mais veloz quando ela usa habilidades em si mesma. Ela também pode botar essa água no furico dos aliados caso use uma habilidade neles, e assim todo mundo fica rápido, veloz e furioso, fazendo vários rachas por Summoners Rift.

Prisão Aquática: Nami conjura uma bolha e joga no planalto de Brasília fazendo assim uma prisão aquática.

Vazante e Fluxo: Conhecida em inglês como Wet n' Wild mas a tradução ficou tosca, é aquela habilidade chata onde Nami fica jogando balde de água na cara do povo, e caso a pessoa seja feia, a água pula com medo e vai no outro menos feio. Em um aliado, a água cura como se fosse uma benção em nome de Jesus amém!

Benção da Conjuradora: Nami obriga todo mundo a ir na Igreja dia de domingo e jogar água benta nos irmãos. Essa habilidade é a mais forte dela, porém foi nerfada no ultimo patch, obrigando apenas a ir em dia de segunda e sem cantar música gospel.

Maré Violenta: Nami invoca uma onda violenta que acabou de assistir a trilogia toda de Jogos Mortais, então ela vem com toda brutalidade do mundo e levanta os inimigos para uma morte súbita e dolorosa, com direito a joguinhos sádicos aquáticos.

Dicas[editar]

  • Com Nami é sempre bom ter um Cadinho de Mikael, já que só aquela aguinha de panela não vai salvar um ADC retardado que faz front line;
  • Não jogue com isso contra Leona, você literalmente vai virar um peixe assado depois do level 6;
  • É sempre bom usar a Benção da Conjuradora em seu ADC, pra benzer ele e ver se fica bom... Na maioria dos casos não funciona, mas é só uma crença mesmo.