Narc

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Cvania-nes phantombat fly.gif
Narc é da época da Velha Guarda dos Games

Mobile é o caralho! Portátil de verdade é Game Boy, porra!

Narcotráfico
Narc game cover.png

Capa da versão anarquista do jogo

Informações
Desenvolvedor Williams Electronics
Publicador Williams Electronics
Ano 1988
Gênero Tiro, porrada e bomba
Plataformas Arcade e outras
Avaliação Ridículo
Idade para jogar A partir de uns 16 anos

Cquote1.png Winners don't use drugs! Cquote2.png
Arcade sobre Narc
Narc é um jogo politicamente incorreto, criado por uma empresa desconhecida chamada Williams Entertainment, que pouco depois seria comprada e absorvida pela Midway Games. A ideia dessa joça era de conscientizar os jogadores sobre o perigo das dorgas e incentivá-los a não fazerem uso das mesmas. Porém, os bandidos do jogo são muito mais legais que os mocinhos, o que causou em muita gente o efeito reverso e ajudou a aumentar a população da Cracolândia.

História[editar]

O jogo é estrelado por dois Power Rangers contratados pela polícia de Washington para apreender a gangue de traficantes Krak, liderada pelo Mr. Big. A operação é batizada de Projeto Narc, e a missão dos heróis é sair correndo pelas ruas do subúrbio estadunidense atirando em tudo quanto é zé-droguinha que encontrar pela frente. Existe a possibilidade de matar os inimigos ou prendê-los, aí vai depender se o jogador prefere ser o "bad cop" ou o "good cop", respectivamente.

Jogabilidade[editar]

Max e Hit dirigindo seu conversível comprado com dinheiro do tráfico.

Sendo um jogo de tiro em terceira pessoa, cabe ao jogador controlar um dos dois personagens selecionáveis para sair atirando. As opções, que se diferenciam entre si somente pela cor, são Max Force, o ranger azul branquelo, ou Hit Man, o ranger vermelho negão. Ambos estão munidos cada um com uma pistola automática, para dar aquele tiro de sustinho básico no criminoso, só pelo lolz, e com um lançador de chamas, que permite explodir o inimigo e ver suas tripas voando pelos ares. Claro que esta segunda opção é bem mais legal, mas acontece que a pontuação é maior se os delinquentes forem presos sem morrer. Portanto, é recomendável usar o lança-chamas apenas em último caso, quando for a única opção disponível para que o próprio herói não seja morto.

Gráficos[editar]

Narc foi um dos jogos pioneiros em utilizar gráficos digitalizados a partir da imagem de pessoas reais, o que teria despertado o interesse da Midway em comprar a Williams para reproduzir a técnica em sua franquia de maior sucesso até hoje, Mortal Kombat. As cenas de morte violentas dos traficantes também são apontadas como uma grande influência para os golpes e fatalities sangrentos que MK traria mais tarde. Ou seja, se os babacas da Williams não tivessem vendido os direitos de sua companhia para a Midway, poderiam estar ricos atualmente produzindo jogos gore com violência explícita.

Legado[editar]

O jogo foi lançado originalmente para arcade e outras plataformas jurássicas em 1988, quando a maioria dos editores drogados da Desciclopédia sequer eram nascidos ainda. Em 2005, houve uma tentativa de relançar Narc em versão remasterizada para consoles mais modernos com direito a uma trilha sonora z1k4 v1d4 l0k4 cantada por rappers de sucesso na época. O lançamento chegou a de fato ocorrer, mas depois o jogo foi censurado e recolhido das lojas por apresentar uma nova função de permitir que Max e Hit pudessem consumir posteriormente as drogas confiscadas.

Galeria de vilões[editar]