Narrador anônimo do Clube da Luta

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Spoiler5.JPG ATENÇÃO! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais SPOILERS!

Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que Tobi não é Madara, Pain mata Jiraiya e Hidan mata Asuma, ou que Dercy Gonçalves não morre.

Spoiler3.jpg
Marla Singer depois de foder com a versão anacap do narrador

O narrador sem nome é um empregado da Sadia (ou da Perdigão não lembro direito) que sofre de insônia. Ele tenta ir à um consultório de um psiquiatra para tomar Rivotril mas o médico se recusa a prescrever benzodiazepílicos e o aconselha a uma visita em um grupo de apoio estilo Narcóticos Registrados Narcóticos Anônimos para testemunhar sua vida de merda.

Os Narcóticos Registrados[editar]

O narrador quando participou dos simpsons

O narrador assiste a um grupo de apoio para vítimas de câncer testicular e, depois de enganá-los a pensar que ele é também um monobola, encontra uma descarga emocional que alivia a insônia. Ele se torna então viciado em ir a grupos de apoio e fingindo ser uma vítima, vai ao grupo dos cheiradores de Hortelã, dos injetores de Xocopinho e dos fumadores de sal grosso. Até que se deparara com Marla Singer que também é uma dorgada impostora que finge ter problemas para frequentar os mesmos grupos que ele frequenta e ele começa a fode-la depois das seções de auto-ajuda.

O amigo imaginário[editar]

Durante um vôo de volta da viagem de negócios ele conhece o seu amigo imaginário Tyler Durden que é um fabricante de sabão imaginário, ele lhe dá um cartão imaginário ele vai para o seu apartamento que para a surpresa dele foi destruído por uma explosão. Sem saber direito oque fazer ele pega o seu cartão imaginário e liga para Tyler para eles tomarem uma brêja no buteco bar. Eles falam sobre o comércio de sabão, a fabricação de bombas, o preço do orégano, a pureza da farinha, até que Tyler (o imaginário) convida o narrador para conhecer o seu barraco para cheirar um açúcar mascavo. No caminho Tyler fala que perdeu o açúcar, que estava no seu bolso, mas o narrador não aceita a desculpa esparrafada esfarrapada e começa então uma violenta luta que termina quando um dorgado que assistia a luta diz: "Olhe ali uma parada de açúcar no chão.." a luta acaba na mesma hora e então eles percebem que tinha uma renca de doidos assistindo a luta. E é aí que eles montam um clubinho de massagem de lutinha que ganha muitos membros com o passar dos dias.

Projeto Caos[editar]

O Narrador, depois de tomar o chá do Santo Daime, começou a ver seres imaginários

Mais clubes lutam formam em outras cidades e eles se tornam os "Anti Materialist Organization Anti-Corporative Project Mayhem" ou simplesmente Projeto Caos, que visa vandalizar as cidades para tentar destruir o kpetalismo aprontando muitas confusões nessas cidades do barulho até que um membro do Projeto (o gordo dos tetudão) é morto pela polícia durante uma operação de vandalismo.

Mas ele não era só um gordo. Ele tinha um nome. Seu nome é Robert Paulsen. Seu nome é Robert Paulsen. Seu nome é Robert Paulsen. Seu nome é Robert Paulsen. Seu nome é Robert Paulsen. Seu nome é Robert Paulsen.

A decadência do Projeto[editar]

O narrador tenta encerrar o projeto e segue as viagens de Tyler para tentar falar que esse projeto é uma merda... até que depois de muitas viagens um membro do projeto recebe o narrador como Tyler Durden. O narrador vai até o quarto do hotel onde está Marla de seu quarto de hotel e descobre que Marla também acredita que ele é Tyler. De repente, ele vê Tyler em seu quarto que explica a verdade que eles fazem parte do mesmo corpo, Tyler controla o corpo do narrador, quando o narrador está dormindo.


O golpe final[editar]

Ele descobre os planos de Tyler para apagar a dívida de dorgas que o clube estava consumindo. O plano seria explodir as torres gêmeas e assim tudo ficaria limpo. O narrador tenta contactar a pulíça, mas os policiais são integrantes do Projeto e quase capam o coitado (coitado?). Ele tenta desarmar explosivos em um edifício, mas Tyler o leva até um edifício seguro para assistir à destruição. O narrador saca sua quadrada e mira na cuca de Tyler e percebe que na partilha o mesmo corpo com Tyler, que ele próprio é, na verdade, quem está segurando a arma. Ele atira em sua boca, incrivelmente sem se matar e abrindo um belo túnel no cocoruto de Tyler. Mais tarde, membros do Projeto trazem Marla para junto dele e o Bin Laden manda os aviões e o narrador e Marla assistem a cena de mãos dadas enquanto Manhattan desmorona e Where Is My Mind toca ao fundo.

Cquote1.png Nós estamos destinados a ser caçadores e nós estamos em uma sociedade de compras. Não há nada mais para matar, não há nada para lutar, nada para vencer, nada para explorar e nessa masturbação social o Narrador sem nome foi criado. Cquote2.png
David Fincher sobre O Narrador

Sem Tyler2.png
v d e h

Narrador anônimo do Clube da Luta é do Clube da Luta ou também do CDL!!!

...e se essa for sua primeira noite no Clube da Luta, você tem que lutar!
Não fale sobre o Clube da Luta, pois Tyler está de olho...