Nienor

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikisplode.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Nienor.
Coisas estranhas aconteciam com Nienor todos os dias, tais como essa foto.

Cquote1.png Eu a amarei até a morte! Cquote2.png
Túrin encachaçado sobre Nienor

Nienor (parida em 473 - 499 , se fudeu aos 26 aninhos), também chamado de Níniel ("Tear-Maiden"), foi a terceira filha de Húrin e Morwen e a irmã gostosa de Túrin Turambar.

Sua história[editar]

Húrin, que era louro e burro, foi casado com Morwen, que era uma morena deslumbrante e muito gostosa. Eles tinham dois filhos: Túrin e Lalaith, ambos muito parecidos com a mãe (os dois gostavam de pica). Só que Lalaith morreu bem cedo, e, para Túrin não ficar triste porque gostava de brincar com ela, eles disseram que ela estava viajando.

Na Nirnaeth Arnoediad ("A Batalha dos emos Incontáveis"), Húrin foi capturado pelos servos emos de Morgoth, que queriam aquela coisinha loura e fofa para fazer atos libidinosos. Depois da batalha, os orientais se estabeleceu na terra de Hithlum e passaram a oprimir o Povo de Hador, que era o dono daquela merda (os elfos tinham pegado o melhor de Beleriand, e deixaram para os humanos apenas o que era uma merda).

Morwen queria fugir, mas estava grávida, e, temendo pela vida de seu filho, Túrin, enviou-o para o reino de Doriath, porque ela era parente de Beren que comia a filha do rei de Doriath. Como resultado, Túrin nunca viu sua irmã safada, que nasceu depois que ele partiu.

Então anos se passaram como ventos nebulosos. Quando foi descoberto que seu irmão Túrin era o famoso Espada Negra feroz caçador de orcs e um capitão de Nargothrond rico pra caralho, ela foi com sua mãe atrás dele para pedir pensão.

Só que ela era loura como seu pai, e burra como todas as louras, então quando Glaurung perguntou seu nome, em vez de fazer como Bilbo, que não disse o nome mas respondeu por charadas, a idiota disse toda orgulhosa que era "Nienor, filha de Húrin, o fodão". Como a magia dos dragões só funciona se o dragão souber o nome da vítima, Glaurung a enfeitiçou, ela se esqueceu de tudo, tirou a roupa e saiu correndo, nua em pelo, até a floresta de Brethil.

Lá, ela foi acolhida por um viado que, em vez de comê-la, a vestiu, e levou para junto de seu povo. Lá estava seu irmão, que, após fazer muita merda e fuder com Nargothrond, estava agora querendo fuder com a Casa de Haleth.

Túrin, que lembrava que tinha uma irmã morena que seria gostosa como a mãe, não reconheceu a irmã loura e burra, cuidou dela, e chamou-a de Níniel (donzela dos prazeres, ou não). Eventualmente Túrin e Nienor se casaram e ela engravidou.

A tragédia do casal[editar]

Foi quando Túrin enfrentou e matou Glaurung enfiando a sua espadona npo cu por trás dele, desmaiando junto ao corpo do dragão devido aos ferimentos anais que teve durante essa luta sanguinária. Quando Túrin acordou finalmente, ele foi informado do destino de Nienor por Brandir, mas ele se recusou a acreditar, e matou esse filho da puta com raiva. Então Mablung de Doriath chegou e contou a Túrin que ele estava comendo a própria irmã. Túrin ia matá-lo também, dizendo que a gostosa que ele comia não se parecia com sua mãe, mas Mablung fez um teste de DNA e mostrou que Níniel era Nienor, e era os cornos de Húrin. Na miséria total, Túrin se matou com sua espada Gurthang.

A tragédia de Túrin e Nienor, de amor e suicídio, parece ter sido cuidadosamente preparada pela maldição macumbada de Morgoth, como dispensado por seu servo Glaurung - esta foi a sua arma mais perigosa e as coincidências são grandes demais para serem acidentais, pois ninguém pode com uma macumba bem feita, ou sim. Há, e a Nienor dizem que ela foi extuprada assassinada pelo que acreditavam que estava morto, bem irrelevante essa história.

Veja também[editar]

v d e h
Universo Tolkieniano
LOTR.png

{{#logotipo:http://images.uncyc.org/pt/c/c1/Tolkipedia.PNG}}