No More Heroes

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg No More Heroes é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Navi fica enchendo o saco de Link.


Não Mais Heróis
No more heroes.jpg

Protagonista do jogo (lá atrás, com a espada)

Informações
Desenvolvedor Grasshopper Manufacture
Publicador Ubisoft
Ano 2007
Gênero Beat'em up
Plataformas Wii
Avaliação Alto
Idade para jogar Depende

No More Heroes é um jogo criado exclusivamente para o Nintendo Ui. Por algum motivo desconhecido, já que é lotado de clichês, fez um tremendo sucesso tanto de público como também de crítica.

O jogo[editar]

A história é sobre um otaku estereotipado chamado Travis Touchdown, que vive em uma cidade fictícia da Califórnia. Um belo dia, este meliante resolve entrar na internet para fazer suas comprinhas geek rotineiras e acaba dando o lance máximo no eBay por um sabre de luz usado em forma de katana. Até aí, nenhuma novidade, o problema é que ele gastou toda sua mesada comprando essa porcaria e agora ficou sem dinheiro para comprar suas action figures e demais quinquilharias típicas. Desesperado, ele decide então procurar um emprego, acabando por conhecer uma gostosa chamada Sylvia Christel, que lhe oferece uma vaga como assassino profissional na Associação de Assassinos Unidos (United Assassins Association). A partir de então, Travis passa a enfrentar altas confusões do barulho em busca do objetivo de se tornar o melhor funcionário da empresa. Ou seja, o jogador controla uma matança desenfreada para assassinar todos os demais personagens e virar o número 1 na lista dos melhores da UAA. Não é meigo?

Versão de Xbox[editar]

Embora tenha sido lançado somente para o Wii, No More Heroes foi inicialmente cogitado para ser um jogo de Xbox 360. Porém, o desenvolvedor Yasuhiro Wada sugeriu ao criador Goichi Suda que mudasse de console. Por ser um baita de um pau mandado, Suda acatou facilmente a sugestão. A ideia do lançamento para Xbox acabou sendo engavetada e jamais foi lançada, mas os produtores estão cagando e andando para isso, já que ganharam uma fortuna com os nerds do Wii e foram premiados levando o título de melhor lançamento dos videogames entre os anos de 2007 e 2008.