Noah And The Whale

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Arband.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Noah And The Whale
AT.dj3hik7jgo7jr.jpg
Aí está Noé!
Origem um manicômio qualquer
País Inglaterra
Período 2006 - 2015
Gênero(s) folk, indie, sonífero
Gravadora(s) Gravadora Cometa
Integrante(s) Charles Fink, Dogão Fink, Mete Owens, Tom Hobcova
Ex-integrante(s) a ex-mulher do Charlie
Site oficial {{{site}}}


Cquote1.png Escuto Noah And The Whale, logo durmo Cquote2.png
Descartes sobre Noah And The Whale
Cquote1.png Bom, nunca vou gastar dinheiro pra ir no show deles Cquote2.png
um indie pobre sobre Noah And The Whale
Cquote1.png Perdi metade de tudo. Até minha guitarra ela levou Cquote2.png
Charlie Fink sobre divórcio

Noé e a AdeleNoah And The Whale, estilizada para N&TW é uma banda britânica de folk, a.k.a. sertanejo universitário formada em 2006 pelo casal Charlie e Laura Fink (Fink, inglês e espanhol é...), mas que acabou também por conta do casal Fink.

História[editar]

N&TW surgiu como uma forma do casal Fink se expressar, mas a música era uma merda e eles chamaram uns músicos bons pra disfarçar a falta de talento deles, tornando assim o N&TH o Arcade Fire do mundo do contra. O nome saiu de um filme que se chamava "alguma coisa e a baleia" dirigido por um Noé (não aquele Noé), juntaram os dois e lá foi. Mas o filme também era uma merda, aí fodeu tudo.

No início, só havia amor... Depois só havia dívida

O casal acabou se separando depois que Fink produziu um disco de sua mulher após lançar o primeiro disco da banda e esta lhe passou a perna, ganhando todos os prêmios que ele esperava ganhar. Ficou com inveja, brigaram, se divorciaram e a puta Laura lançou mais um disco que deu certo enquanto Charlie se afundou no mundo das drogas.

Com Fink ferrado no crack, os outros 3 integrantes da banda viram que não podiam ficar desempregados e fizeram o cara se levantar pra ao menos lançar o 2º disco, o primeiro dia da primavera, que fez eles concorrerem a alguns prêmios por conta da dor de corno de Charles que emocionou os caras que dão esses prêmios. Revolucionaram o estilo sofrência com o álbum, mas a banda já respirava por aparelhos, então deram dois suspiros e depois acabaram em 2015.

Os "dois suspiros" foram 2 discos, que não deram muito certo mas serviram para tirar Charlie do crack e transportá-lo de volta para a música, até transformar ele num conhecido produtor (e hoje ele pode dizer "eu sou a Universal"). A banda acabou num consenso e como Deus é mais Charlie não tentou seguir carreira solo.