Nova Olinda do Norte

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nova Olinda do Norte é uma pequena aldeia separatista do Reino do Rio da Madeira, pois seus habitantes ignorarem a existência da capital Manicoré e reconhecerem apenas Manaus como sua capital. No mais, é só mais uma cidade aleatória do Amazonas na beira do rio.

História[editar]

Estrutura do avançado porto de Nova Olinda do Norte.

A cidade de Nova Olinda do Norte é uma das mais recentes do Amazonas, criada apenas em 1955 após uma suposta descoberta de petróleo na região. Um monte de favelados de toda parte do Nordeste migraram para a região numa falsa esperança de enriquecimento exorbitante com a exploração do petróleo, todavia, naquele mesmo ano o governo norte-americano exibiu o Relatório Zelda, que especificou toda a geologia e especificidade do petróleo amazonense, definindo-o como "na verdade isto o que chamam de petróleo não passa de argila misturada com cocô ali acumulado após milênios de ausência de saneamento básico, e que pode entrar em combustão, porém não tem valor como combustível, senão nós dos EUA não precisaríamos estar o tempo todo invadindo outros países, e nosso problema energético seria apenas cagarmos muito num pote" segundo palavras do próprio relatório, e assim a Petrobrás fechou todos os poços. Tal notícia frustrou todos os planos dos favelados que ali chegaram, que foram até ali em seus pau-de-arara que naufragaram todos, não havendo opção de retorno ao Nordeste, necessitando assim construírem sua favela na beira do rio e ali ficarem.

O desastre sócio-econômico da presença daqueles desafortunados na região foi tanto, que os municípios de Maués e Itacoatiara, desesperados, preferiram se livrar de parte de seus territórios e permitir a formação apressada do município de Nova Olinda do Norte já em 1956. O nome foi apenas uma homenagem ao município de Olinda de onde vieram a maioria dos desafortunados que colonizaram a cidade, e como Nova Olinda já existia no Ceará, criaram o grande nome de "Nova Olinda do Norte".

Geografia[editar]

A cidade localiza-se no final do rio Madeira, após dúzias de cidades já terem depositado todo tipo de dejeto no mesmo, o que explica a coloração marrom das águas.

Economia[editar]

Teoricamente a cidade deveria ser a mais rica do Amazonas se ali houvesse petróleo, mas ao descobrir que todo dinheiro da exploração seria roubado e enviado todo para Brasília, os nativos decidiram esconder tais poços de petróleo e passar a viver apenas de plantar abacaxi e guaraná.

Saúde[editar]

A cidade de Nova Olinda do Norte ficou conhecido nacionalmente ao desenvolver uma nova tecnologia de cura da catarata, quando médicos utilizaram uma técnica de vanguarda, arrancando os olhos dos pacientes todos deixando todos cegos e curados da catarata. As consequências disso foram nenhuma, pois lembre-se que lá é uma cidade brasileira.