Nova Xavantina

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nova Xavantina é o segundo mais relevante município do Vale do Araguaia (dentre dois municípios existentes naquela região), sendo portanto uma versão piorada e menos conhecida de Barra do Garças.

História

Uma casa de luxo na cidade.

Povoado que foi tomando forma no século XVII através da força dos bandeirantes que entraram no interior do Brasil igual um bando de joselitos capturando, matando e torturando com aulas de religião os índios que ali viviam pacificamente a milênios...

Após a chegada do homem branco, surgiram ali diversas lendas sobre a existência do Acre e suas jazidas de ouro ilimitado, o que atraiu inúmeros garimpeiros, que só depois que chegaram em Nova Xavantina descobriram a cilada que se meteram e não tinham mais como voltar.

A construção da BR-158 trouxe um semi-desenvolvimento para Nova Xavantina, agora teoricamente era possível fugir daquela cidade, mas só se você for perito em rally para não atolar naquela estrada.

Em 1981 Nova Xavantina é elevada à município, e a partir de então passa a pertencer a liga de cidades que quer ser como Barra do Garças quando crescer.

Geografia

Localizado em cima do Rio das Mortes. Nova Xavantina está relativamente próxima da civilização por ter um acesso (mesmo que precário) à Barra do Garças, e por conseguinte Goiás.

A cidade reserva uma grande beleza natural . As casas caindo aos pedaços, os buracos nas ruas e o povo maltrapilho dão um ar genuinamente rústico e belo à Nova Xavantina.

Politica

A política ainda é do tempo do coronelismo, como sempre foi desde o começo.

A cidade só vai para frente quando este povo alienado parar de votar nos coronéis, algo que jamais acontece, e alguém que realmente pensa em crescimento se candidatar, algo que também nunca acontece, para melhorar a situação da cidade. Não adianta só pensar no crescimento e não fazer nada.

Todo novo prefeito entra como salvador da pátria durante seu primeiro mês, mas depois todo mundo vê que tudo continua a mesma bosta de sempre.

População

Cidade de 20.000 habitantes, para os padrões de Mato Grosso é gente pra caramba. Mesmo que a maioria dessa gente sejam indígenas em algumas daquelas reservas que ninguém sabe onde fica, com essa quantidade de habitantes Nova Xavantina pode se orgulhar de ser uma das maiores cidades do estado.

Transportes

Sair da cidade só com um carro de rally mesmo.

Nova Xavantina é cortada pela BR-158. Escutando assim sem saber, parece uma beleza ter uma rodovia federal passando na cidade, mas a realidade é que esta é uma das mais péssimas estradas do Brasil. Só vai para Nova Xavantina mesmo quem tiver que tirar o pai da forca lá, porque por outros motivos ninguém é maluco o suficiente.

Vários carros financiados pelo Banco do Brasil, Bradesco, BMG, circulam pela cidade por algum tempo. Os gaúchos compram carros novos e ficam com eles até o oficial de justiça vir fazer apreensão.

Turismo

Ainda não tem turismo em Nova Xavantina, a começar pelo visual do secretário de turismo que não tem nem roupa pra andar. Anda parecendo um trapo.

O festival de praia, única talvez atração, acabou. O prefeito conseguiu derrubar todas os bares da praia e hoje só restou uma praia deserta e sem perspectivas para construção de outros complexos de entretenimento, tudo em nome de uma tal preservação ambiental.