Odair Bermelho

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Aff amaury.jpg Este artigo é sobre uma subcelebridade

e sempre tenta ser filmado em link ao vivo.

Cuidado: Odair Bermelho pode cobrar cachê por ler este artigo.

Cquote1.svg Você quis dizer: Odair José Cquote1.svg
Google sobre Odair Bermelho
Cquote1.svg HIHIHHEHEHEHEHAHAHAHAHAHA!!!! Cquote2.svg
Saga de Gêmeos sobre Odair Bermelho
Cquote1.svg Estudou comigo. Cquote2.svg
Paulo Maluf
Cquote1.svg "Odair é acriano" tem TREZE letras! Cquote2.svg
Zagallo sobre Odair Bermelho
Cquote1.svg Deus perdoa. Obina não. Cquote2.svg
Obina sobre Odair Bermelho
Cquote1.svg Na União Soviética, quem não sai da Fundação Santo André é VOCÊ!! Cquote2.svg
Reversal Russa sobre Odair Bermelho

Odair, o Pentelho mostrando o futuro da ASA

Odair Bermelho é um dos maiores déspotas da história brasileira após Lula, William Bonner e Zidane. Lord Sith de 2ºgrau, também é conhecido como Odair, o Pentelho. Teve grandes participações em grandes guerras na história mundial, porém, foi dado como desaparecido na Guerra dos Cem Anos. Apenas houve novas notícias deles na segunda metade do século XX, com a criação de um centro de torturas no estado de São Paulo.

Guerra dos Cem Anos[editar]

Após vagar mundo afora sem um emprego, montou um açougue em alguma cidadezinha na França. Com a chegada da Guerra com o Acre, foi obrigado a alistar-se nas Forças Armadas para conter o inexistente estado brasileiro que crescia no mercado de cosméticos.

Durante os 20 primeiros anos destacou-se como uma grande guerreiro, porém nos anos que seguiram, Odair consagrou-se como mestre torturador dos acrianos presos em combate. No quadragésimo segundo ano da Guerra, foi obrigado mais uma vez voltar aos campos de batalha, onde enfrentou o lendário Galvez e seu discípulo Quevedo. Nesta luta, foi enviado à outra dimensão pelo discípulo de Galvez. Após muitos anos o Acre perdeu a batalha e Bermelho nunca mais foi visto.

A conquista[editar]

Slogan do templo de Bermelho.

Por volta do começo do século XX, no Acre, um homem reapareceu de um portal. Era Odair Bermelho de volta à Terra mais uma vez. Muitos dizem que os poderes de Quevedo falharam, pois somente assim ele pode voltar. Em paz(Ou não), resolveu estudar. Pela UFA, formou-se em Ciências Sociais e Torturadoras. Com o diploma e formado com louvor, foi escolhido pela CIA durante a Guerra Fria para criar um posto de observação e tortura na região do ABC.

Assim, foi criado o maior palco de torturas já visto em toda região do ABC. Estava erguida a ASA. Durante quase meio século. Odair, o Permelho recebeu culpa por todas denúncias de tortura durante o Regime Militar brasileiro.

Cquote1.svg Companheirof, effe meu dedo perdido...bem...foi arrancado de forma que eu confeffaffe meuf crimef políticof. Cquote2.svg
Lula sobre Odair Bermelho

Não só presos políticos, mas também futuros universitários viriam a enfrentar terríveis torturas por conta de Odair e seus seguidores.

O Manifesto Pentelhista[editar]

Foto descontraída de Odair Bermelho antes de ser preso.

Assim como seu colega de estudos, Pentelho também criou seu manifesto a ser discursado para a massa.

A corrente filosófica Pentelhista pode ser sintetizada por meio do seguinte desiderata e é considerada mais turbulenta que o Manifesto Malufista:

  1. Roubar sim, roubar sempre, roubar muito, roubar tudo.
  2. Negar sim, negar sempre, negar muito, negar tudo.
  3. Bater sim, bater sempre, bater muito, bater tudo.
  4. Demitir sim, demitir sempre, demitir muito, demitir tudo.

A derrocada[editar]

Durante a "Guerra da ASA", Odair e seus torturadores foram derrotados após 2 meses de cerco, devido sua tentativa de aumentar de forma abusiva as mensalidades para libertar um agente torturador preso pela SWAT. Após o julgamento pela corte dos Direitos Humanos, Odair foi sentenciado a 10 anos de prisão no Iraque limpando banheiros públicos.

Ver também[editar]

v d e h
ARTIGO COMPLEMENTAR
v d e h
Jornal2.jpg
Não entende este artigo? Acha que é humor privado? Antes de fazer alguma besteira nesta página, leia o artigo Fundação Santo André para ter sentido e volte aqui para entender e achar engraçado (ou não).
Jornal2i.JPG