Odalisca Demacol

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Odalisca Demacol é mais uma das palhaçadas feitas por Demacol, que não se cansa nunca de passar vergonha na internet e envergonhar os brasileiros com suas atuações carentes de beleza e delícias.

Nesta produção que nem o próprio diretor gosta, Demacol, fazendo um cosplay ridículo de odalisca, inclusive usando um sutiã para mascarar aquele peito feio e mal depilado, usa seu caralho preto e nada delicioso para estourar o toba de um macho virgem de seu harém particular.

Produção[editar]

Pra quem pensava que Princesa Demacol era o fundo do poço, Demacol mostra que não há limites para os lixos produzidos.

Por ter usado todo o orçamento que seria destinado a produção do filme para bancar seus machos virgens de estimação, o diretor de "Odalisca Demacol" foi obrigado a contratar para compor seu elenco atores bem bosta, daqueles que ninguém gosta mesmo, por eles cobrarem cachês insignificantes. O mais barato encontrado foi Demacol, pois como ninguém gosta deste lixo mesmo, ele estava cobrando apenas a passagem de ônibus e um lanche com mortadela para atuar.

Para contracenar com esta escória, o diretor escolheu um maluco desconhecido com cara de cavalo, e que inclusive galopa como um.

Achadas as desgraças para atuar em "Odalisca Demacol", iniciaram-se as gravações, com a cena principal precisando ser regravada onze vezes, pois o cameraman nunca achava o melhor ângulo de Demacol, talvez porque ele não tenha, ficando com cara de cu mal lavado em todos.

Após gravar a primeira e única cena do filme, o único cameraman morreu, por botar a câmera debaixo do cu do Demacol e não suportar aquela visão do inferno.

História[editar]

Assim como todos os outros horrores protagonizados por Demacol, este filme não possui história, é apenas uma bizarrice que envolve Demacol libertar seu eu interior, conhecido como Shemacol, e comer o cu de algum viadão que esteja disposto a liberar o boco.

Em Princesa Demacol, ao menos James Matarazzo consegue salvar a produção, pois a atuação de um prestigiado ator do meio dos machos virgens sempre consegue alavancar a audiência. No caso deste filme, tanto Demacol quanto o cara que ele comeu carecem de brilho e de humanidade, os dois tem cara de animal.

Recepção[editar]

Autoridades tentam negar a existência desta produção, restringindo sua exibição apenas para a Deep Web. Para os engraçadinhos que tentarem exibir este show de horrores em sites de putaria, a pena é de vinte e quatro anos de cadeia, além de ser obrigado a assistir todos os filmes de Demacol em loop infinito por uma noite.

Após os mais corajosos membros da Secretaria Nacional de Justiça e Cidadania assistirem a produção, inicialmente classificada apenas para maiores de dezoito anos, a classificação etária mudou, ficando sendo para maiores de oitenta anos, pois aí o câncer de olho causado pelo filme pode ser posto na conta da idade.

Não sabemos de ninguém que tenha conseguido assistir este filme completo, dizem que ele provoca vontade de se suicidar e de atirar nas próprias bolas e depois comê-las.

Último conselho[editar]

Não assista este filme de noite, ou terá pesadelos horrendos com um caralho preto.