Otavão

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Carnaval3.jpg Ordem para os pobres, progresso para os ricos.

Oxe, venha cá, este artigo da porra vem do Brasil! Só fala de futebol, come feijoada, exporta travestis, puxa o saco dos EUA, paga imposto pra caralho e põe a culpa no governo pela corrupção da sociedade.

Pobrerica.jpg Esty artygo é dy pobry!

Esty artygo é sobry koyzas dy póbry, peçowas póbrys y o dono
taméyn dévy dy sê un pobretãwn do karáy!

CounterZero.gifCounterZero.gifCounterZero.gifCounter5.gifCounter7.gifCounter3.gifCounter2.gif
Este é o número de PESSOAS QUE O OTAVÃO MANDOU TOMAR NO CU

Cquote1.png Você quis dizer: Homem estressado? Cquote2.png
Google sobre Otavão
Cquote1.png Aow Otavão! Bom dia! Cquote2.png
Cidadão educado sobre Otavão
Cquote1.png HATOMANOKU! Cquote2.png
Otavão sobre Cidadão educado
Cquote1.png Que deselegante! Cquote2.png
Sandra Annenberg sobre Otavão

Luiz Carlos Otavio Maia, mais conhecido como Otavão. É um socialite brasileiro, sempre presente nas ruas e embaixo de pontes da cidade de Goianésia. É famoso também por se envolver em diversas polêmicas, principalmente com seus fãs. Foi eleito o mendigo mais elegante do Brasil.

O Estilo de Otavão[editar]

Desentrevistasminibox.PNG O Desentrevistas
possui uma entrevista com
Sr Tavão

Otavão é o epítome do dândi moderno. A alfaiataria clássica, com grande influência do italian style – pense nos frequentadores do salão Pitti uomo, em Florença –, é a base de suas produções, que sempre carregam detalhes que fazem toda a diferença.

O Segredo da fama[editar]

As mulheres costumam dizer que o charme fez a sua fama; nós preferimos apontar o talento em frente às câmeras e, no caso, uma elegância inerente que vai muito além dos costumes bem cortados que o mais novo embaixador dos mendigos acostumou-se a desfilar nas ruas e em baixo das pontes. Sua fala é rouca, grave, de entonação contida, e o gestual acompanha o estilo low profile dos verdadeiros gentlemen. Afinal, quem falou que elegância diz respeito somente às roupas que vestimos?

Links externos[editar]