Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

55 596 artigos · 193 934 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque
Sonic se embebedando para, se pudesse, pegar mil anéis. "Se pudesse", pois o contador sempre mostra até 999.

Sonic the Hedgehog, também conhecido como azulão, rato de gel e Ligeirinho Made in USA (não me pergunte por quê) é uma criatura que vivia no Centro da Terra, habitando um dos lugares mais quentes do universo. Tantos anos morando lá fizeram com que ele sofresse uma metamorfose e se transformasse em um misterioso ser azul, além de fazer com que seus pés aguentassem muito calor. Adicionando uma tragadinha de crack e setenta e duas doses diárias de café, temos o ouriço azulado que conhecemos hoje em dia. Ele é rockeiro desde 1998 (ano em que apareceu o Crush 40) e já salvou várias pessoas, até as que ele não queria salvar (como Amy Rose, por exemplo).
Ele corre tanto que até atropela seus próprios amigos e pessoas inocentes.
A vida de Sonic fora muito abalada. Ia para as baladas toda noite e nunca esquecia a sua típica tragadinha, que hoje em dia é a sua marca registrada (um estilo de vida copiado do famoso sucesso do cinema Os Embalos de Sábado à Noite). Mas seus tempos de baladeiro não duraram muito, pois logo Ana Maria Praga e Xuxa o chamaram para fazer teste de DNA no Programa do Ratinho, dizendo que tinha um filho dele, chamado Silver the Hedgehog. O teste nunca ocorreu, primeiro porque Sonic sempre fora (e ainda é) eunuco, e segundo porque o Ratinho fora despedido por pegar o cortador de unha do cretino e boca solta Silvio Santos sem pedir.

Leia o artigo completo



Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: