Paisagem Arqueológica das Primeiras Plantações de Café do Sudeste de Cuba

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Lancamentos-2008.jpg -Condenadme, no importa, la Desciclopédia me absolverá.

Este artigo es cubano e puede fumar charuto sem ser capitalista. Si usted sabes el aumentativo de Cuba, no respondas adelante, carajo!

Clique aqui para más cosas cubanas.


Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Cquote1.png Se eu não tenho café! Não quero ver ninguém com café!! Cquote2.png
Emblemática e famosa frase de Che Guvara

Paisagem Arqueológica das Primeiras Plantações de Café do Sudeste de Cuba é um conjunto de 200 ex-fazendas burguesas abandonadas no sudeste de Cuba que por serem marcantes na história de consecutivas merdas de Cuba, é considerada patrimônio mundial pela UNESCO. Nota: As demais ex-fazenda burguesas abandonadas do não-sudoeste de Cuba que tem uma história igualmente sangrenta às fazendas do sudeste não são consideradas.

História[editar]

Uma das fantásticas colhedoras-escaladeiras dos fantásticos pés de café cubanos.

Quando os grandes revolucionários causadores de discórdia Fidel Castro e Che Guevara chegaram em Cuba para fundarem o melhor país do mundo (de acordo com eles), a primeira atitude dos dois primeiramente foi alienar o povo, em seguida mandar plantar tabaco para movimentar a economia e por último obrigar a todos a trabalharem praticamente de graça pelo bem do país.

Na época da Reforma Agrária de Cuba, Fidel Castro teve a ideia de implantar o café no país, então deu algumas fazendas no sudeste do país para alguns amigos de confiança disseminarem a bebida pelo país e manter o povo mais acordado e trabalhando mais.

Após a invenção da Coca Cola, Fidel Castro mandou queimar todas as plantações café pois descobriu que cafeína é coisa do demônio. Hoje sobra apenas a paisagem arqueológica das plantações.

Geologia[editar]

A região é muito estudada pelos discípulos do Capitão Óbvio que dizem que nas área de plantações de café do sudeste cubano, o café se desenvolve bem naquele solo.