Panzerfaust

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bismarckpre.jpg Desciclopëdia über alles in der welt!!!

Estä arrtigö é alemon! Issö querr düzerr que ele é parrte dö conspürraçon gerrmänica parra inwadir ö Frankreich por trrás öutrra wez. Non faça scheiße, öu te porremos de quatrro nö Berliner Mauer.

Somebody set up us the bomb!!!

Esta página contém elementos bélicos, químicos, atômicos ou bombásticos,
podendo causar um grande estrago no computador (e na mente) do leitor.
Bombanuclear4.gif
Soldado alemão preparando a limpeza da orelha inimiga

O Panzerfaust (Panzer = Pança, Faust = Faustão; Faustão Pançudo, típica redundância nazista) foi uma bazuca alemã poderosa, em formato fálico, especial para destruir motocas francesas Renault na Segunda Guerra Mundial. Arma preferida de Adolf Hitler, que adorava seu formato comprido com ponta grossa e redonda.

Panzerfaust foi carinhosamente apelidada pelos aliados como o falo mortal, e quando me refiro a falo eu me refiro ao formato cilíndrico.

História[editar]

Guerrilheira com seu Panzerfaust

Conhecido também como cotonete super-potente, o Panzerfaust era formado por um grande cilindro ou tubo de PVC com uma biribinha gigante em uma das bocas. Esta foi a primeira fase do Panzerfaust, que recebeu este nome (pança de Faustão) por causa da boca cheia e de só sair merda de dentro dela.

Um dos poucos PanzerFausts da Segunda Guerra Mundial Remanescentes

O cotonete de guerra foi inventado pelo cientista louco alemão Robert Heinstein. Na Segunda Guerra Mundial, o faustão pançudo recebeu uma garibada e ficou menos tosco. O tubo de PVC foi substituído por um tubo de cobre, e a biribinha gigante foi substituída por um projétil de bazuca enriquecido com nitroglicerina.

Características[editar]

Além de ser semelhante a um cotonete gigante, o Panzerfaust clássico (Cottonete 7.08 Wehrmachtkrieg) pode ser usado como bucha de canhão e tanques de guerra, além de ser bom ara enfiar no cu. Seu formato Pirulitschen, idealizada pelo próprio Hitler, foi inspirado em sonhos proibidos e vertiginosos do ditador.

O Panzerfaust clássico possui 1 metro e meio de cabo, 30 centímetros de cabecinha, pesando 50 quilos. O Panzerfaust versão atualizada possui o cabo mais grosso, mas com a cabecinha menor, porém mais grossa e com maior de penetração(ui!) também.

O Panzerfaust atual foge do padrão cotonete, e se assemelha a uma bazuca antiaérea. Seu poder de destruição é Mais de 8000 maior e mais versátil que os panzerfausts pirulitoformes, mas com certeza não teria a aprovação do ditador Adolfinho.

Poder[editar]

Versão atual, que não parece mais com um cotonete

Um único tiro de Panzerfaust era capaz de destruir uma motoca francesa, com isso a França em 1 mês já não tinha mais motocas, porém, se brincar, estoura tua mão, tua mãe e a tua casa junto. Cada panzerfaust só poderia "meter" um tiro mesmo, como um tubo de fogos de artifício, depois não servia mais nada. O estouro do projétil de biribinha dos panzerfausts estragava o tubo de PVC. Por ser descartável, cada soldado carregava uns 10 cotonetes de guerra. Era usada mais para ataques em veículos ou para cotonetear os canos dos tanques e canhões dos inimigos, assim, llimpando-os

Ha rumores de que Keith Richards adquiriu um Panzerfaust de um museu para utilizá-lo em seu cheiramento de gatinhos.

Relacionados[editar]

v d e h
Grandes (ou pequenos) artigos fálicos da humanidade