Papa Gregório XVI

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Gregório XVI ou Bartolomeu Alberto Cappellari capiche (Algum fundo de quintal da Itália, 18 de Setembro de 1765 – Roma, 1 de Junho de 1846). Foi Papa Pop de 2 de fevereiro de 1831 até o dia que escafedeu-se .

Papa Gregório XVI e sua cara de tédio!

A Vida[editar]

Era mais um menino que sonhava em ir longe, de família pobre, miserável, faminta, inúteis, enfim, começou a estudar para ser padre, virou padre, depois bispo, depois rei, depois cavalo, depois peão, depois torre e depois CHEQUE MATE, se tornou Papa!

O conclave[editar]

Com a morte de Piu-piu VIII participou de um conclave que demorou absurdos 2 meses, o que pra época era uma eternidade. A Igreja ficou 2 meses e alguns dia sem nenhum representante. Então os sexos, as drogas (o que na época era coisa de luxo), rock'n Roll (Opa, isso não existia na época), coisas do tipo como matar o amigo, ou seja, toda putaria foi liberada no mundo durante 2 meses sem um Papa no comando da Igreja, até os padres de tudo qualquer canto resolveram cancelar as missas de domingo alegando que sem papa não há missa. Tá, isso só aconteceu na Bahia.

64 dias depois do fim do Papa Piu-piu VIII Gregório foi eleito pelo conclave para ser o novo Papa. Na verdade, ninguém queria votar, por isso demoraram tanto, fora que na época reza a lenda que as eleições de lá era pura falcatrua, ou seja, uma marmelada como a gente conhece em Brasília.

O papado[editar]

Gregório XVI era um Papa bastante conservador, conservava marmelada no freezer para não estragar, fazia isso também com bifes, queijos e salgadinhos, tinha uma adega para conservar seus vinhos que bebia durante a missas de domingo.

Precedido por
Pio VIII
Bento 16 saudando.jpg
Síndico de Deus nº 255

1831 - 1846
Sucedido por
Pio IX