Pariquera-Açu

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Pariquera-Açu é uma cidadezinha localizada no estado de São Paulo, que possui um ar tão poluído que... COF! COF! COF!

História[editar]

Emancipado de Jacupiranga, no tempo dos burros, passando a ser chamado de Espanta Corvo. Marcada por belas paisagens, inundadas na maioria do ano, desde o tempo que os continentes ainda eram um só, (Pangéia), os habitantes usam esses lugares para fazer sua moradias, que em breve período de tempo as enchentes do rio Ribeira destrói, aí o povo recebe o FGTS. No sentido Cananéia do lado esquerdo jogam muito cachorro morto, do lado direito também, um fedor danado, tem sofá velho também na beira da pista. Agora estão jogando restos de demolição, vaso de banheiro na cor verde, e tampa também, que estão sendo reciclados como molduras de quadros.

Pontos Turísticos[editar]

A casa de pedra, quem vai lá se assusta de tanta camisinha que tem por lá, as vacas cagaram lá dentro. Tem também a Campina do Encantado, que sai fogo do chão.(Antigo lixão). Tem o lixão também, ao seu redor tem alambiques de pinga.(etanol combustível). Pelo menos foi visto o dono do alambique comprando alcool, no posto.

Geografia[editar]

Ao sul faz divisa com os bananais, ao leste também, ao sul com morros ao norte não faz divisa.

Índice de Desenvolvimento[editar]

Não tem desenvolvimento desde 1542, devido a vários fatores, como falta de água potável, falta de união entre o povo e os políticos conservadores (do próprio bolso) que dominam a politica local, o posto de Saúde tem gente saindo pelas janelas quase todo momento, se for realmente urgente te chutam para o hospital onde você pode sair de lá com alguma infecção hospitalar desconhecida.

Sua economia é em cima de Banana in-natura, bolo de banana, Banana chips (invenção de pobre, parecido com batatas chips) Banana prata, Banana maça, doce de banana, bala de banana, bolo de banana e outros derivados da banana.

É uma cidade muito farta do litoral Sul do Estado de São Paulo.

Aqui farta tudo.

Farta água encanada Farta luz elétrica Farta asfalto Farta comida Farta médicos Farta engenheiros Farta casas Farta escolas Farta pinga Farta tubaína Farta cerveja Farta farofa Farta gás Farta lenha Farta dinheiro Farta emprego Farta mulher bonita, nem tem! Farta motéis Farta fiéis religiosos