Paul di Resta

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Evo.jpg Este artigo sem imagens será nacionalizado!
Este artigo possui poucas ou nenhuma imagem o ilustrando. Por favor considere adicionar novas imagens para deixá-lo mais interessante. Ou o Evo pode roubá-lo daqui!
William Wallace.jpg Thws artekille ys Scotch!

Este artigo é escocês! Ele usa Kilt, bebe whisky e Irn-Bru, arremessa troncos de árvores e martelos, toca gaita-de-foles, é fã do David Coulthard e é primo do Duncan MacLeod!

Se você traiu William Wallace, caia fora daqui!

Paisagem escócia.jpg

Cquote1.png Você quis dizer: Paul Walker Cquote2.png
Google sobre Paul di Resta
Cquote1.png Você quis dizer: Pau de Resto Cquote2.png
Google sobre Paul di Resta
Cquote1.png Bixo ruim da porra esse pou-de-resto Cquote2.png
Torcedor sobre Paul di Resta
Cquote1.png Olha o que ele fez! Olha o que ele fez! Cquote2.png
Galvão Bueno sobre Paul di Resta

Paul di Resta é mais um piloto de corrida ruim da Grã-Bretanha que nunca vai chegar aos pés de Mansell ou Hamilton. Paul ficou conhecido por ter sido piloto de Fórmula 1, mesmo que ele só batia o carro dele em toda corrida.

História[editar]

Nascido em alguma cidadela inglesa que ninguém se importa, Paul gostava muito de brincar de carrinho com seu irmão Paul Walker e de assistir Fórmula 1. Um dia, o pai dele levou os dois pra assistir o GP da Inglaterra, em Silverstone, e Paul (o di Resta) ficou muito feliz e emocionado que decidiu seguir o rumo das competições automobilísticas, enquanto seu irmão Paul (o Walker) se mudou para Los Angeles e virou piloto de racha.

Carreira[editar]

Paul começou sua carreira na DTM, a Stock-car alemã, como piloto de testes. Um dia resolveram colocar ele pra participar de uma corrida em Nurburgring na chuva, e com sua falta de habilidade ele conseguiu vencer a corrida (aliás, ele foi o único a terminar a corrida). O sucesso foi tanto, que o presidente da Índia o convidou a entrar pra equipe de Formula 1 dele, a Force India, e participar da "maior" competicão de corridas do mundo. Mas como nessa competição os carros são bem mais fracos que na DTM, (na Fórmula 1, qualquer toque e o carro estraga, enquanto na DTM, você pode bater a mais de 8000 Km/h que seu carro não sofre um arranhão sequer) Paul não fez sucesso e acabou deixando a carreira de automobilismo.

Atualmente[editar]

Atualmente Paul corre em qualquer competição em que o carro seja um tanque, como a própria DTM ou a chatíssima WEC. Paul também corre como piloto de testes da Williams, pelo menos até Robert Kubica assumir o lugar dele.

v d e h
Pilotos da Fórmula 1