Pega-varetas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Pega-varetas é um esporte antigo e bastante popular que vinha numa lata de Pringles, e que hoje vem numa caixa de incenso. Se tornou famoso nos anos 60 e 70, mas decaiu nos anos 80 e inicio dos anos 90 devido ao fato de crianças engolirem os palitos, além da ascensão do cubo mágico.

Origem[editar]

Pega-varetas gigante com uma vareta com defeito

Há várias teorias a respeito de como surgiu este esporte. Uma delas diz que este surgiu na Romênia, durante o reinado do grandioso Príncipe Vlad Tepes, o empalador, sendo resultado de um dia de tédio do príncipe que, cansado da rotina diária de empalamentos, incêndios de vilarejos e outras atividades recreativas populares entre a realeza européia, havia decidido promover uma competição entre os condenados ao empalamento. A competição consistia em retirar uma estaca de uma pilha sem mover as demais. Ao vencedor, foi dado o privilégio de ser executado pessoalmente pelo príncipe, além de ter o direito de escolher em qual estaca seria empalado.

Outra teoria muito popular diz que o jogo, na verdade, seria baseado em um ritual fúnebre dos bonecos palito, cuja observação teria inspirado a elaboração das regras básicas do esporte.

Há ainda uma teoria que diz que o esporte teria sido na verdade criado no Acre, porém esta não é uma teoria muito aceita pelo varetismo oficial, dada à inexistência do suposto local de origem.

Campeões[editar]

O país que possui maior número de títulos mundiais de Pega Vareta é o Uzbequistão, sendo seguido de perto por Tonga, atual campeão mundial, que promete ultrapassar o Uzbequistão em número de títulos conquistados. O confronto entre os dois países já se consagrou como o maior clássico do Varetismo mundial.

v d e h