Pelada, James e Amigos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png A galera é que se foda, eu quero mais é trepar Cquote2.png
James Matarazzo sobre amizade
Cquote1.png E ae, Indião Cquote2.png
Alexandre Senna, esquecendo que o nome do Índio no filme é Marco Pires

Pelada, James e Amigos
Bareback Brazilian Games
Peladadosamigos.jpg
Pôster do filme
Bandeira do Brasil Brasil
2000 • Colorido • 2 horas
Direção Mr. Enrique
Produção Puppy Productions
Elenco James Matarazzo, como Davidson Caruso
Alexandre Senna, como Romeo Rivera
Índio de Família, como Marco Pires
Junior Carioca, como Miguel Martinez
...e grande elenco
Gênero Comédia, Macheza

Pelada, James e Amigos é o segundo melhor filme já produzido em território brasileiro, perdendo apenas para Ursos Grandes, Peludos e Mansos!. Esta produção custou todo o orçamento anual da produtora Puppy Productions, a maior rival da Ícaro Studios. Mas de acordo com os machos virgens cinéfilos, valeu a pena. "Pelada, James e Amigos" é uma produção que proporciona o crossover mais épico de todos os tempos, unindo as maiores delícias de todos os multiversos em um campo de futebol só. Entre eles, Davidson "Materazzo" Caruso, Marco "Índio" Pires, Romeo "Senna" Rivera, Miguel "Carioca" Martinez, entre outros. Só faltou o Jocione "Mendes" Mendonça mesmo, mas ele tava ocupado demais na hora da partida, procurando a peça que você queria pra levar pro seu mecânico de confiança.

Enredo[editar]

Gtk-paste.svg.png Aviso: Este artigo ou seção contém revelações sobre o enredo, como o fato de que Stefano fica no vácuo no beijo triplo e Davidson dá pro zagueiro no vestiário.

Alexandre Senna... não, pera, Romeo Rivera, o prefeito da cidade de Cu Pequeno, convida seus melhores e mais deliciosos amigos para uma pelada em sua cidade, para ajudar a promover o esporte local e incentivar os machos virgens da região a praticarem alguma atividade física, pois todos estão ficando excessivamente obesos por conta da ingestão excessiva de suco de laranja e tomatinhos. Não podendo negar um favor para Senna, que é o mais gente boa da turma, pequenininho mas garantido, Davidson Caruso (James Matarazzo), Marco Pires (Índio), Miguel Martinez (Carioca), Mateo Reis, Pablo Santos, Rico Morales, Angel Castili, Mario Bacci e Eli Carreras aceitam o convite, e vão participar da pelada dos amigos.

Os primeiros a chegarem no campo onde a partida será realizada, que fica no meio do mato ao lado da Oficina do Kauan, são o próprio Romeo Rivera (que já mora ali do lado), além de Marco Pires e Miguel Martinez. Os demais participantes da confraternização se atrasam, pois foram buscar a chuteira que você queria, desencadeando uma demora pro início da pelada. Já que estavam sem nada pra fazer enquanto os outros não chegavam, Romeo, Marco e Miguel decidem não relaxar ainda, tendo um espírito de vencedor e querendo ganhar a partida, eles resolvem trabalhar no cacete, fazendo um aquecimento de macho, pra já chegarem lubrificados na hora do jogo.

Após o trio treinar por uns vinte minutos a como fechar no primeiro pau na hora do cruzamento, finalmente os demais participantes da pelada chegam. Liderados pelo capitão Jam... Davidson Caruso, quando veem Romeo de bunda de fora e Marco de pau duro eles logo matam a charada, ou ao menos uma parte da charada. Davidson sabe que o aquecimento foi na base da gozada na linha de fundo, mas não consegue descobrir o mais importante: afinal, quem é que deu pra quem?

Enfim, após todo mundo se cumprimentar com uma pegadinha no pau do outro, a partida finalmente tem início. O jogo é muito pegado, todo mundo quer pegar nas bolas, especialmente Davidson, que além da bola de futebol, faz questão de pegar nas bolas do tio do zagueiro adversário. Apesar da marcação cerrada, Davidson chama a responsabilidade, chuta do meio-campo e marca o primeiro gol, o qual comemora dando uma pegadinha no pau do Índ... Marco, que foi quem deu a assistência. Mas a festa não dura muito, no primeiro chute da equipe adversária ao gol, eles marcam o gol, aproveitando que o time de Cu Pequeno tem um oco na defesa, o qual pode ser preenchido por um centroavante pivô.

Partida paralisada após uma dedada irregular de Davidson.

Agora com a partida novamente empatada, Davidson dá uma entrada dura em Eli Carreras, mas não é punido pelo juiz, que estava mais preocupado em alisar a bandeira de escanteio. Apesar de frouxo (tanto psicologicamente quanto fisicamente), o juiz marca pênalti para a equipe visitante. O próprio Eli bate, em vários sentidos, mas Romeo se redime por ter tomado o primeiro gol, adivinhando o canto, saltando como um urso e defendendo a cobrança. Alô Tite!

A partida continua, promovendo um duelo emocionante entre Davidson e Eli. Após ficar várias vezes no quase gol, dibrar um cachorro e assediar homossexualmente o juiz, Davidson acaba se empolgando e dando uma dedada irregular em Eli, que fica puto e feliz ao mesmo tempo, mas arrombado e sem condições de continuar na partida. Assim sendo, os seus companheiros de time, mais especificamente Stefano Silva e Angel Castil, o levam pro vestiário, pra passar um hipoglos no machucado. Mas logo a pomada seria usada para outra finalidade. Ao chegar no vestiário, um plot twist: Eli não tava machucado caralho nenhum, ele tava simulando, desde o início seu plano era ficar sozinho com Stefano e Angel pra trepar gostoso e dar umas gozadas. Assim seu plano dá certo, e a delícia se inicia no recinto, com vários ocos deixados e um beijo triplo que não deu muito certo pro Stefano.

Após relaxar bastante por horas, o trio volta ao campo para dar satisfação, mas os três logo são desmascarados pelo detetive Davidson, que vê Eli de sunga melada e Stefano de pau duro e logo mata mais esta charada. Mas ele nem liga muito, pois logo estaria no mesmo barco. Agora com a partida finalizada oficialmente com o empate, Davidson e Mateo Reis vão para o vestiário treinar um pouco, pra malhar as pernas e ganhar impulso nas quicadas. No vestiário, a dupla conversa sobre vários assuntos cotidianos, como namoradas, emprego e dildos. Assim, papo vem, papo vai, sapato que tira, calça que cai, e James diz que está em busca de uma transa, e que seu colega se encaixa no perfil, conclusão tirada após uma análise embasada no falo ereto do sujeito.

A partir daí, James mostra que futebolista de verdade sabe como tratar uma bola. E o resto é história.

Personagens[editar]

Davidson "Materazzo" Caruso

O zagueiro Rodrigo faz uma participação especial no filme, atuando como o professor de dedadas de Davidson, quando este ainda estava batendo bola nas categorias de base do Cu Pequeno F.C.

O capitão do time de Cu Pequeno e protagonista da produção. Davidson possui fortes habilidades investigativas, conseguindo identificar prontamente quando algum macho virgem se deliciou e está tentando esconder isso, verificando sempre se o cujo está de pau duro ou com a cueca melada. Davidson é o único a marcar por sua equipe na partida, além de ser o responsável pela lesão fake do Eli Carreras, entrando duro nas costas do adversário. No final deste blockbuster, Davidson finalmente atinge seu objetivo de vida, de encontrar uma transa com um macho virgem que se encaixa no perfil.

Romeo "Senna" Rivera

Prefeito de Cu Pequeno, organizador da pelada e o dono da bola, Romeo é tão passivo que nem quis assumir a liderança de sua própria equipe, passando a faixa de capitão pra um ativo de verdade, no caso Davidson. Romeo é o goleiro da equipe, mas sempre leva frango, deixando que as bolas passem por entre suas pernas, assim como qualquer legítimo cidadão de Cu Pequeno (por isso não existe o Campeonato Cupequenino de Futebol, os goleiros e zagueiros deixam tanta bola passar que o placar terminaria parecendo de jogo de basquete, com bizarrices tipo 88 x 99)

Marco "Índio" Pires

O zagueiro da equipe de Cu Pequeno, ele dá carrinhos que você jamais imaginaria que ele poderia dar. Apesar de ser duro na marcação e trabalhar no cacete pra parar o adversário, nem que pra isso precise segurar seu pênis e fazer movimentos de vai e vem, Marco falhou no primeiro e único gol da equipe adversária, levando bola nas costas e deixando o centroavante livre pra meter a bola no gol de Romeo, que ficou até atordoado de tão forte que a bola entrou.

Eli Carreras

O único jogador do time adversário disposto a vencer a partida. Aproveitando-se de seu físico de sabiá com câncer no cu, e de sua cara parecida com a do Paulo Henrique Ganso que faz com que os adversários fiquem com pena dele, achando que o cujo teve um AVC, Eli vai pra cima da marcação e sai driblando todo mundo, como um legítimo jogador que só faz fumaça. Na partida ele infernizou duas vezes pelo lado esquerdo, mas foi parado em ambas as oportunidades pelo capitão Davidson, que já foi logo dando no meio (e em cima, e em baixo) de Eli, pra ele parar de gracinha. Na segunda entrada que recebe, simula uma lesão apenas pros seus companheiros sarados o levarem pro vestiário e ele poder experimentar um pouco de delícia.

Participações Especiais: Rodrigo e Júnior Urso

O zagueiro Rodrigo faz uma pequena ponta durante o filme, aparecendo em um flashback ensinando Davidson a como dar dedadas no cu dos adversários. O natural seria o jogador fazer seu trabalho e apenas jogar, mas para Rodrigo, o atleta deve trabalhar e relaxar para obter um melhor desempenho, e é isso que passa para seu jovem discípulo nas categorias de base do Cu Pequeno F.C., um time pequenininho, mas garantido. Outro atleta de renome que faz uma participação neste filmaço arromba quarteirão é Júnior Urso Peludo e Manso, que atua como volante de pegada no time de preto, e não dá espaço pra Marco Pires jogar.

Recepção[editar]

Com um roteiro sólido e eletrizante, além de cenas exclusivas que tornam esta produção sobre futebol melhor do que o Filme do Pelé, "Pelada, James e Amigos" foi aclamado pela crítica em seu lançamento, recebendo uma avaliação de 99% do Rotten Tomatoes, apenas não recebendo nota máxima pra não se igualar ao inigualável Ursos Grandes, Peludos e Mansos, que é um nível acima de qualquer outra produção cinematográfica. Até hoje, é considerado um filme indie, já que apesar do sucesso de crítica, foi um fracasso de vendas, em parte por ter sido lançado na mesma época que Pai de Família 2, que trouxe todas as atenções para si.