Pelecanus

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Pelicano)
Ir para: navegação, pesquisa
Pele e cano
Toda a desproporção de um autêntico pelicano
Toda a desproporção de um autêntico pelicano
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Acordados
Classe: Voadores
Ordem: Pelicanáceos
Família: Pelecanino
Gênero: Pelecano

Pelecanus é um gênero de aves aquáticas bizarramente deformadas e facilmente reconhecidas por seus bicos absolutamente anormais, animais conhecidos mais comumente como pelicanos. Ainda não se sabe como eles podem voar, parece que é porque possuem asas, o que os permite desafiar todas leis da física.

Anatomia[editar]

Os pelicanos são facilmente reconhecidos e diferenciados das aves comuns por seu formato que desafia a compreensão lógica da anatomia do que se espera de um animal. São aves donas de bicos exageradamente anormais, pescoços desnecessariamente longos e um par de patas incompreensivelmente curtas e desconfortáveis de permitir o animal se locomover andando.

Apesar do seu corpo parecer um desenho de criança vivo, sem quaisquer proporções entre membros, cabeça, patas e bico, os pelicanos são, todavia, dotados de asas, o que garante ao animal a capacidade de levitar, e por isso é possível confundir que um pelicano em pleno ar esteja voando, o que seria estritamente impossível se fosse algo executado apenas com o bater de asas, isso desafiaria as leis da física sendo impossível um animal tão desengonçado voar só fazendo isso, é necessário esse poder psíquico inerente às asas do animal, que inclusive rouba a mana que garantiria o poder de voar de todas galinhas do mundo, como uma espécie de Genki Dama invertida.

Alimentação[editar]

Como a distância entre os olhos e a extremidade do bico dos pelicanos é muito grande, estes animais não conseguem nunca enxergar o que exatamente estão comendo, então eles acabam sendo aves onívoras, que quando precisam se alimentar fazem rasantes no oceano, usando seus bicos como rede de pesca para devorar tudo o que estiver no caminho, de sardinha e estrelas-do-mar até camarões sem sorte, pelicanos filhotes (canibalismo acidental) e fetos humanos (se estes estiverem na água do oceano junto a um cardume).

Espécies[editar]