Personalidade

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Personalidade de ameba. Cquote2.png
Antiotaku sobre otaku.

Exemplo de personalidade fiel...

Cquote1.png Pra mostrar que eu não tenho personalidade de ameba, vou mandar o Seya, ou o Goku, ou o Naruto, ou o... dar um (nome estranho de "técnica") em você! Cquote2.png
Otaku sobre frase acima.
Cquote1.png ?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?! Cquote2.png
Pessoas normais (ou não) sobre "diálogo" acima.
Personalidade é aquele conjunto de sainha e blusa cáqui de reações e modos como uma pessoa reage ao meio e responde a ele. O modo de comportamento que a pessoa escolhe em cada uma de suas atitudes (se é que tem atitude). Tipo aquele baque que dá no peão logo que sai do últero, e já tem a reação de abrir um berreirro mostrando a personalidade humana, antes de qualquer coisa: isso significa que embora tenha várias formas de expressão todos são mais ou menos a mesma porcaria.

Personalidade formada[editar]

Disputa entre duas personalidades fortes.

Embora, como citado acima, o ser humano já de primeira mostre um modo de abrir um berreirro bem personificado, pode levar vários anos para que a personalidade se forme. Personalidade formada é confundida com personalidade forte, na verdade é quando a pessoa já tem idéias o suficiente sobre o meio, não chegando a ser intransigente mas não é muito fácil conduzir essa pessoa com qualquer labiazinha, pior é se estiver totalmente errada mas, se não for um jegue pode notar quando está errada. Não há idade certa para se ter formação da personalidade, algumas pessoas já a tem aos 14/15 anos, outras aos 40 ainda não a tem.

Personalidade forte[editar]

Confundida com a de cima mas, mesmo que tiver personalidade forte, não quer dizer que ela já seja formada, por sinal é uma junção do inferno, ainda se aliada a um caráter ruim essa criatura vai sempre ver que lado está mais aprazível para o momento e não o que é mais certo fazer, no geral liga demais pra "o que vão pensar" e esmaga a pessoa que quer consertar algo errado da pior forma possível, semelhante um pouco a pirralhos de geniozinho ruim, que costumam dominar tudo, educar os pirralhos é melhor que depois aguentar esse tipo de pessoas grandes. Já se a personalidade forte for formada, é um bom indício mas, se o caráter for ruim não é muito diferente da descrição anterior. Personalidade forte e formada sendo gente boa, pode assim mesmo arrumar problema: é um tipo de pessoa que pode afrontar os demais simplesmente com a presença, mesmo quieta igual a uma múmia.

Personalidade fraca[editar]

A personalidade mostrada na cara.

Que é confundido com falta de personalidade mas não é. Significa que tem grande facilidade de passar uma conversinha dócil em alguém mesmo que odeie a pessoa com quem está falando mas, a pessoa não percebe. Esse demônio de falinha mansa se entende bem com todo mundo, sem precisar usar muito o esforço da paciência e da educação: se errar essa pessoa é sempre perdoada por pior que seja o que fez, já quem tem personalidade forte por erros mínimos pode ser levado à forca. Se uma pessoa de personalidade forte estiver certa e brigando com alguém de personalidade fraca estando errada, vai parecer o contrário pra maioria. Se for gente boa de verdade porém, essa pessoa de personalidade fraca pode-se considerar um anjinho.

Falta de personalidade[editar]

Já um pouco definida nas primeiras sessões, se trata do(a) chamado(a) maria-vai-com-as-outras isso eu sei lá porquê, uma vez que já dizia o beiçudinho Milton Nascimento: Maria é nome de guria, ou melhor de mulher forte e com vontade própria, se Maria-foi-com-as-outras deve querer dizer qualquer outra coisa, até que a Maria é lésbica, mas Maria sem personalidade? Nã, nã, nã, nã, não. Isso de maria-vai-com... não fui eu quem inventei mas, quem tem o problema de falta de personalidade, é uma pessoa que está sempre indo pela opinião dos outros sem nem saber porque, ao contrário de quem muda de lado por má intensão, essa criatura muda de lado até por nem saber o que é tomar uma decisão, está sempre sendo guiada, poderia-se mudar o apelido pra automóvel... pensando melhor até um automóvel tem mais vontade própria, principalmente se for um cachaceiro no volante.