Pessoa revoltada

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikify.png Por favor, alguém arrume este pobre artigo segundo as diretrizes estabelecidas no livro de estilo antes que alguém infarte lendo esse artigo mal formatado...
AVISO: NÃO REMOVA ISSO ANTES DE TER CERTEZA ABSOLUTA QUE O ARTIGO JÁ FOI COMPLETAMENTE "WIKIFICADO", SENÃO VOCÊ PODERÁ SOFRER AS CONSEQUÊNCIAS!
Dica: não sabe como wikificar um artigo? Então leia AGORA o nosso Tutorial Wiki! Ou peça ajuda para os usuários mais experientes...

Pessoa revoltada (do grego Stelios Kontos) é um ser humano que costuma exteriorizar níveis de agressividade deveras elevados.

A agressividade esteve sempre presente no meio social humano. Os homens Neanderthal eram demasiado agressivos, isto porque os seus avôs - os orangotangos da Somália e os macacos do Madagascar - costumavam resolver as disputas territoriais com combates terríveis onde dejetos eram arremessados frequentemente. Contudo os seres humano-macacóides inventaram a masturbação bi diária, permitindo um ligeiro descréscimo dos níveis de agressividade.

Mais tarde, com o Homo Erectus e a descoberta do fogo, os níveis de agressividade elevaram-se novamente perante a força brutal daquele elemento desconhecido. Como curiosidade, os seres Sonius Brazõtis começaram logo a brincar com o fogo levando a tragédias incontáveis.

Finalmente, o homo sapiens sapiens, a agressividade continuava no quotidiano humano, contudo a receita dos nossas antepassados continua a ser a dar bom resultado: "Bata umas punhetas ou coloque um pepino na periquita que isso logo passa".

O antropólogo Luís Bate Nelas afirmou uma vez: "Mas quem é você? O que está a fazer na minha casa às 4 da manhã? E porque está só de cuecas? O que vem a ser isto?"

Este artigo deveria ser um esboço.
Mas, como ninguém dá atenção para ele, ele tentará o suicídio.
Você pode ajudar o artigo tirando-o da depressão.