Pippin (Berserk)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Fang Wanted.png Este artigo é sobre um mercenário!

Não importa a merda que você peça, ele vai cobrar pelo serviço.

Clique aqui pra ver outros mercenários, mas primeiro, o dinheiro!

Pippin, apenas Pippin
Pippinberserk.jpg
Única foto em que ele saiu bem
Pseudônimo(s) Negão que tanka geral
Ocupação Mercenário
Interesses Lutar por Griffith

Pippin era um puta negão grandalhão de 2 metros de altura, que lutava sob o comando de Griffith, em seus tempos de guarda raso do Bando do Falcão. Assim como 99% dos seus companheiros, sua lealdade por Griffith foi recompensada com seu líder sacrificando geral para ganhar poder, tornar-se um membro da Mão de Deus e foder com o mundo inteiro.

Biografia[editar]

Nasceu em algum buraco desconhecido de Midland, em um ano desconhecido, que não importa.

Na infância, sofreu por ter sido abandonado por seu pai, o negão da picona, e por isso não confiava muito em ninguém, negando-se a conversar com a galera. Era zoado por isso, mas nada que algumas porradas e golpes de porrete não resolvessem.

O velho monstro de tentáculos brincando de Lego com os pedaços de Pippin.

Na adolescência, Pippin fugiu de seu vilarejo, já que o mesmo era saqueado e queimado diariamente por batedores de outros reinos. Após andar alguns metros, e ficar cansado, ele encontrou um grupo de mercenários errantes, que estavam recrutando qualquer idiota mais ou menos forte para ajudar Griffith a alcançar o seu sonho utópico de virar rei. Sem nada pra fazer mesmo, além de perceber que seu estoque de 20 quilos de carne não daria para muito tempo, Pippin aceitou entrar no grupinho.

Depois de alguns anos lutando ao lado dos mercenários do falcão, assaltando viajantes e lutando em guerras brutais em troca de algumas moedas de ouro de tolo, Pippin passou a ser considerado um dos mais fortes membros do grupo, já que conseguia aguentar sorrindo o que você aguenta chorando.

Após a entrada de Guts no bando, Pippin perdeu seu posto como a terceira pessoa mais forte do grupo, perdendo apenas para Caska e o próprio Griffith. Mas ele tava cagando e andando pra isso, para Pippin, a única coisa que importa é encher a cara e trepar muito nas festas feitas pelos mercenários após as vitórias em batalhas.

Depois que Guts abandonou seus amiguinhos, e Griffith foi capturado por ter usado mais a cabeça de baixo do que a de cima, fazendo com que o Bando do Falcão passasse a ser perseguido por geral, Pippin foi um dos que mais ajudou o grupo a sobreviver, tankando e matando a maior parte dos soldados rasos de Midland e dos caçadores de recompensas que vinham atrás deles.

Assim que Guts voltou para o lar, após um período de vagabundagem, e o resgate de Griffith foi orquestrado, Pippin esteve presente na operação, apesar de não ter feito porra nenhuma. O mesmo deu apenas apoio moral, deixando Guts se foder sozinho, solando todos os soldados do reino.

Morte[editar]

No dia do Grande Eclipse, Pippin estava próximo de Griffith, ou seja, sua lealdade de anos foi recompensada com seu mestre o marcando para morrer e aprovando que a sua carne fosse devorada e estraçalhada por demônios famintos conhecidos como Apóstolos. Apesar de ter sido flanqueado por uns 8 demônios gigantescos e com cara de poucos amigos, Pippin ainda conseguiu tankar eles por alguns minutos antes de ser devorado de maneira brutal, o que deu tempo para Judeau e Caska fugirem um pouco.

Depois um monstro de hentai, cheio de tentáculos, ainda brincou de Lego com os pedaços do corpo de Pippin, para provocar Guts.

Donamorte1.jpg Pippin (Berserk) já morreu!

Mas pode voltar como zumbi...

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno