Rajastão

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Rajesh aproves.jpeg नमस्ते!

Este artigo é indiano, tic! Anda de elefante, joga cricket, é vegano, fala um inglês horrível, trabalha em um call center e adora incenso! Se vandalizar este artigo ou for paquistanês, você será incinerado pelas chamas de Agni! E nunca toque num Dalit!

Dhalsim meditando.png


Rajastão é uma daquelas ex-Repúblicas Soviéticas que por um grande azar do destino acabou tornando-se um dos estados da Índia. Localizado na fronteira com o Paquistão terroristas e criminosos fazem parte da fauna do habitat local.

História[editar]

Transporte público em Rajastão.

Rajastão é um pacato território indiano com uma grande tradição de ser invadida, destruída e explorada por uma minoria capitalista. A história local pode ser definida em uma linha temporal de invasões e governadores bigodudos.

Tudo começou quando Rajastão sofreu a invasão dos persas sob o comando do impiedoso Xerxes Santoro III, esse povo, todavia não resistiu às invasões gregas sob o comando do general Leônidas da Silva e o imperador Alexandre, o Grande, e então todos em Rajastão se converteram à adoração à Zeus. Séculos depois, os mongóis que adoram invadir desertos conquistam Rajastão, mas 5 anos depois o território perece sob os bombardeios cazaques do general Borat, mas 150 anos depois os árabes explodem e conquistam Rajastão, mas durante a Primeira Guerra Mundial, a invasão turca com apoio nazista anexa Rajastão ao eixo. Após a expulsão dos ingleses, Rajastão é anexada pela Índia, mas o Paquistão instalou bombas atômica na fronteira.

Para evitar um jihad, os indianos tiveram uma excelente ideia para evitar novos ataques do oeste. A população passou a mijar nos principais rios comprometendo o suprimento de água do inimigo, e assim foram expulsos os paquistaneses sob ordens do governo iraniano.

Geografia[editar]

5/3 do território do Rajastão é coberto pelo Deserto de Thar.

Cultura[editar]

Em Rajastão, o povo acredita que o mijo de vaca é sagrado, e todos se banham com esse líquido antes do café-da-manhã.