Reino das Águas Claras

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Porra de artigo todo inventado mesmo, porque essa parte de Reinações de Narizinho eu lí mas, não lembro agora e não tenho em mãos. Cquote2.png
Eu sobre Reino das Águas Claras.


Reino das Águas Claras é um lugar no fundo da fossa do rio do sítio da Dona Benta onde Narizinho vai nadar pelada com o Pedrinho na maior pouca vergonha e Dona Benta e Tia Anastácia acham que é na inocência mas, como se não bastasse aparecem aí criaturas estranhas supostamente saídas desse Reino das Águas Claras que está em uma passagem dimensional em um ponto do rio.

Início de tudo[editar]

Primeiro a Narizinho se entope de jabuticabas, ou jatibucabas como diz um certo ser alado daí com sono, ela e o Rabicó, que se entopiu com as cascas, dormem no pe´ da jaboticabeira que fica na beira do rio. Ao início do cochilo dois besourinhos começam a passear pelo nariz dela, achando aquela pontinha para cima bem curiosa e pensam se tratar de um escorregador exótico.

Ela não acorda e começa a sonhar que os bichinhos falam, como se fosse uma fábula então aquela bicharada encantada toda pode ter surgido por culpa dessas duas joaninhas e, não haver portal dimensional nenhum... sério mesmo: o Reino das Águas Claras pode mesmo não existir! E ser apenas sonho atrás de sonho... porém como a Narizinho é mais fã de bolinhos de chuva do que sonho, pode existir mesmo esse portal então vamos continuar o artigo, truta (muita truta mesmo).

Chama-se Reino das Águas Claras porque no tempo de Lobatinho e, põe tempo nisso, havia muitos rios limpos, até mesmo o Tietê era limpo para se ter uma ideia. Assim, o rio de Done Benta que foi inspirado no do sítio da avó do próprio Lobatinho era também limpo e, de águas claras. Não quer isso dizer que popde-se ir enfiando em um rio apenas porque as águas são claras ou, que por serem águas turvas ele sempre é sujo mas, nesse caso estamos falando de um rio claro e limpo.

Vamos ao Reino[editar]

Já viu peixe usar roupa?

Pronto agora entremos no rio, junto com Narizinho, Pedrinho, Emília (pano velho e encharcado) e quem mais aparecer por lá. Aí entrando eles nadam um pouquinho, mergulham, se refrescam e... descobrem a entrada para o Reino das Águas Claras. Há coisas aí, bem parecidas com o que há em terra firme porém, os habitantes são parte humanos, parte peixe... e você não leu peixes humanizados, e sim, parte humanos parte peixe... a partir daí o ilustrador, ou quem prepara uma versão televisiva pode fazer o que quiser: algumas versões são até legais... outras são ridículas, tipo bonecos gigantes e outras parecem peixes humanizados, coisa que não se dá a entender pela descrição.

Dessa forma, pensemos assim: Os seres desse reino são tipo algumas interpretações feitas dos atlantes: eram humanos com algumas capacidades dos peixes... isso não deixa de ser outra noia. Os atlantes podem até ter existido mas, nada mais eram do que humanos mais evoluídos, ou davam mais, sei lá.

Lobatinho, no maior estilo Julio Verne, fez uma espécie de ficção científica infanto, e, os seres são mesmo mais evoluídos, tipo sipostos atlantes: Emília por exemplo, só passou a matraquear e mandar todo mundo pra puta que o pariu e outros lugares bonitinhos, depois que um médico caramujo aí desse reino fez uma pílula que a fez falar... medo. Todos os seres daí são inteligentões, inclusive o príncipe do Reino das Águas Claras já passou um xaveco legal na Narizinho logo de cara mas, assim como em O Labirinto do Fauno ela não virou princesa... agora também não sei porque mas, deve ser porque o Príncipe preferiu esperar a Narizinho criar uns peitinhos para, assim como um certo especialista, apalpar discretamente.

Reinações[editar]

Reinações poderia ser o sinônimo de traquinagens mas, deve ser mais por causa do Reino mesmo (que tosquice mas agora já foi), já que Narizinho fica aí reinando bastante tempo dando um grande alívio Tia Anastácia e a avó que não suportam criancice o dia todo.

Veja bem: Não confunda Príncipe Escamado com Escamoso... pode ser que ele nem tenha escamas... ou tenho em algumas partes do corpo... én... então, ele parece ser pouca coisa mais velho do que Lúcia mas, também é meio sério e não brinca mas, ajuda a resolver problemas do Reino mesmo, tipo quem os tubarões podem comer e, se eles podem comer alguém a partir da bunda, e outros problemas assim.

Seres[editar]

Há muitos seres gozados no Reino das Águas Claras, todos normais para Narizinho, nem vamos citar todos eles, apenas alguns que, tão logo a Narizinho entre no rio(tanto literalmente) quanto sendo hipnotizada pelas águas claras), já estão solícitos dando notícias novas e querendo saber dela, novidades da superfície. Vamos aos mais gozados principais:

  • Doutor Caramujo, é quem cuida de todos os seres das águas e, até de alguns da superfície depois que narizinho os descobriu. Ele também já foi levado ao mar, mas, ainda que tenha feito uma boneca falar, em sua viagem ao mar não conseguiu ainda o que foi seu maior desafio: deixar esponjas do mar menos retardadas.
  • Príncipe Escamado, o amor da vida(pelo menos sob a água) de Narizinho, ele é parte humano, mas nada que seja estranho como Homem Sereia, ele não anda agitando o rabo por aí, ele tem pernas e, a parte peixe, ele tem apenas as nadadeiras na cabeça que servem só de enfeite quando está em terra firme: Essa foi uma das coisas que Narizinho gostou: Em terra ela havia apenas achado que mulheres ficavam bem de tiarinha.
  • Major Agarra e Não Larga Mais, é um sapo e está aqui somente por ter a barriga maior do que olho... Seria o contrário, mas no caso dele foi isso mesmo. Quis testar quanto cabia em sua barriga e tomou um estoque todo de pílulas. Não se sabe como sobreviveu e ficou inteiro. Pode ser que seja o suicida mais mal sucedido das águas e também da terra.