Ricardinho (futebolista)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Nuvola apps atlantik.png Coloque mais dados aqui. Ricardinho (futebolista) merece!

Aqui poderiam estar mais dados relevantes ao invés dessa merda.
Esclareça os fatos, melhore a redação e assim salve uma alma do purgatório.
Seja útil uma vez na vida e contribua para este artigo ou seção melhorar: edite-a


Ricardinho errando mais um passe

Ricardo Luís Pozzi Rodrigues, mais conhecido como Ricardinho, é um ex-futebolista brasileiro, campeão da Copa 2002. Atualmente é comentarista no SporTV, famoso pela emoção que passa aos jogos.

Ricardinho iniciou sua carreira no Para de dar, seu timeco de coração, em 1995, e depois brilhou com a camisa do Curintias. No time do Terreno São Jorge, ganhou dois Brasileirinhas: os de 1998 e em 1999, dois Paulistinhas (1999 e 2001), uma Copa do Brasil e um Torneio de Verão em 2000.

Com inveja te seu rival possuir um jogador campeão do mundo, o Bambi do Murimbiba contratou Ricardinho, pagando 5 milhões de reais e duas bundas por ele. Com todo esse dinheiro que o Curintias arrecadou com a contratação bambina, o Curintias gastou o dinheiro na compra de alguma coisa, mas o dinheiro acabou em menos de 5 dias, já que o time devia para seus jogadores. O início da carreira tricoflor de Ricardinho foi boa, mas depois o jogador virou uma merda e não caiu no gosto do time. O que caiu no gosto dos são-paulinos foi um tal Bicharlyson que jogava em um timeco europeu, e o time logo contratou ele.

Deixou o São Paulo na mão para jogar em um time chamado Middlesbrough, mas não jogou nenhuma partida e acabou se transferindo para o Robinho FC, aonde jogou com o crack craque Robinho e foi campeão brasileiro. Em 2006 foi para o Besiktas, da Turquia, onde conseguiu algum título que nem ele mesmo sabe qual foi. Em 2008 foi para o Al-Ryan, do Catar, e em 2009 foi contratado pelo twitter pelo presidente Alexandre Caiu, para jogar o campeonato de futebol de botão, e mais tarde desintegrou o timeco de futebol do Patético Mineiro. Em 2011 Ricardinho virou de costas para o Patético e foi embora, e depois disso acabou encerrando a carreira.