Richard Kruspe-Bernstein

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Emblem-sound.svg.png Richard Kruspe-Bernstein
EX7Xu3ywTA8.jpg
Ricardo e sua franja emo
Nome Richard Zven Kruspe
Origem Bandeira da Alemanha Alemanha
Sexo Desconhecido
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
Guitarra
Gênero Samba
Influências É o Tchan
Nível de Habilidade Alto
Aparência Degradante
Plásticas Tá querendo fazer
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Escovar cabelo
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Till Lindemann

Cquote1.png Você quis dizer: Richard Cuspe? Cquote2.png
Google sobre Richard Kruspe-Bernstein
Cquote1.png Experimente também: Jay Z Cquote2.png
Sugestão do Google para Richard Kruspe-Bernstein
Cquote1.png Não existe pessoa feia. Existe é pessoa pobre. Cquote2.png
Tiazona de facebook sobre Richard Kruspe.
Cquote1.png Ahhhhhh! O Richard! O Richard! Eu amo ele! Cquote2.png
Groupie sobre Richard Kruspe.
Cquote1.png Eu também, mas ele foge de mim quando chego perto... Cquote2.png
Pororoca, confundindo os Richards, sobre citação acima.
Cquote1.png Nosso maior cliente. Cquote2.png
Colorama sobre Richard Kruspe.

Richard Z. Kruspe, nascido em 24 de julho de 1250 em Metrossexualândia, na Macedônia, é o guitarrista da banda alemã austro-húngara e nipo-sulafricana de pop-metal industrial e emo-grunge hardcore (pausa pra respirar)... Rammstein.

Infância[editar]

Cquote1.png Você vem ao casamento de minha filha e não me traz nenhum condicionador? Não vem nem com esmalte? Definitivamente, você não faz parte da "famiglia"! Cquote2.png

Richard nasceu num lar podre de rico, filho de uma dançarina e um jogador de futebol alemão. Após seu nascimento, seus pais acharam que "ele" na verdade era "ela", o que explica o nome do meio de batismo Zven, que todo o mundo na Alemanha sabe que é nome de menininha.

Depois do golpe do baú, a mãe fugiu para o Brasil e Richard ficou sob a guarda do pai. Querendo fazer rock n' roll, mas com seu pai regularmente arrancando seus pôsteres do Kiss de seu quarto e mandando que assistisse a filmes do Chuck Norris, o menino fugiu de casa à procura de um mestre que lhe mostrasse o poder realmente supremo.

Foragido de casa[editar]

Richard ingressou em um curso de artes marciais musicais, em que aprendeu a arte ninja do Mienai-hajiki no jutsu (見えない弾きの術, na língua dos pedófilos) com o mestre Chimbinha. Após aprender diversas técnicas de luta, guitarra e pintura de unhas e cabelo, Richard dominou por completo as técnicas de desaparecimento instantâneo, tocar guitarra no modo invisível (sem as mãos), e a técnica do Raiden do Mortal Kombat de transformação de olhos brancos. Kruspe resolveu então colocar suas técnicas em prática e funda o First Arsch. Percebendo que precisava de um vocalista e um baterista, convocou os primeiros vagabas que encontrou.

Fundação do Rammstein[editar]

Enquanto estava andando sossegado no metrô para comprar esmalte, Kruspe tomou uma pedrada na cabeça e foi preso. Tomado pelo ódio, já que levou uma surra por ter levado uma surra, pulou o muro de Berlim e decidiu provar para os comunistas filhos da puta que ninguém dá uma pedrada e sai impune, mostrando sinais claros de demência, por ter pensado que alguém do outro lado do muro tacou uma pedra na janela do carro que alcançou sua cabeça a uma distância maior que a benga do Kid Bengala, ao invés de pensar que foi uma emboscada de uma meganha que queria trazer uma diversão sexual aos detentos.

Após pagar boquetes aos presos uma fiança equivalente ao preço do esmalte, encontrou outro maluco chamado Christian Lorenz e os dois decidiram transformar a decadente First Arch em uma banda que visaria um som pesado industrial e com letras sobre sexo, amor, briga, sexo, viadagem, desumanidades, sexo, macheza aboiolada, bolos... e sexo.

Projetos solo[editar]

Richard e Carla Perez: qualquer coincidência é mera semelhança.

Richard estava puto, mais que o pai do Pingu, pois Till chamava a atenção invocando o Satanás cantando, Flake dançando (e sendo feio), Paul fazia cara de bobo chato, feio e cara de mamão e todo o mundo falava Cquote1.png Que fofo! Cquote2.png. Olliver e Doom viviam ganhando presentinhos, então não precisavam chamar atenção.

Decidido a pular o muro de Berlim de novo ser tão carismático quanto Till, o backvocal decidiu montar uma banda em que seria vocal. Assim surgiu o Emigrate, banda emo, com grande destaque para o back (agora não mais) vocal. As experiências na banda comprovaram para todos que nenhum backvocal deve tentar ser vocal.

Richard usando fralda geriátrica em um show nos tempos da First Arch (ou não).

Como seu novo projeto solo considerado uma bosta pelos próprios fãs de Rammstein, Richard resolveu dedicar um tempo para a carreira de ator, trabalhando em um filme em que o próprio é o protagonista, chamado Unhas Metálicas, com os membros da banda em papéis secundários. Richard declarou ter colocado Till Lindemann no papel de garçonete por pirraça conta de uma desavença dos dois, causada por Till ter dito na lata que sentia ódio dele por ser considerado o gatão da banda, o que deixou Richard pistola.

No filme, Richard conta seu drama de estar a procura da felicidade de um esmalte azul-metálico que estaria bombando em todos os calçadões da Alemanha, para isso ele conta com a ajuda da mocinha do filme (Flake) e suas pernocas sexy para... ah, sei lá!. A previsão de lançamento do filme era para 24 de abril de 2009, mas foi adiado porque alguém chamado Till Lindemann assassinou o diretor do filme em uma tentativa de salvar a humanidade de assistir a esse lixo estupro, o que levou ao diretor de Power Rangers se mostrar interessado em lançar o filme, deixando Richard muito feliz, como fã de Power Rangers que era, conforme a declaração do próprio de que já encheu Paul de porrada por este dizer que Power Rangers era pior que Teletubies. Se o filme foi lançado ou não, ninguém se importa.

Performance[editar]

Richard costuma ser o único membro da banda que não se suja. Além disso, ele gosta de tocar guitarra invisivelmente, e quando não faz, cruza os braços e fecha a cara. Já nos clipes, tem preferência por dançar valsa e ser o galã da mulherada.

Ver também[editar]