Ridículo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Car.JPG

Ridículo
é sobre aquilo que pensa mas, não muito.


...ou alguém que é especialista nisso.
Clique aqui pra ver quem mais tenta explicar o inexplicável.


... ... ...

Ridículo foi uma expressão enterrada pela fauna brazuca que significa o mesmo que hoje é ridico de miguelar alguma coisa, mas foi ressussitada com o mesmo significado de antes, mas sem referência a coisas muito miseráveis, ou seja, apenas coisas pequenas, mas em geral pequenas em inteligência, harmonia, pênis, beleza, simetria e essa frescuras muito frescas, mas necessárias para que ganhem alguma consideração dos humanos.

Exemplos[editar]

Ridicularia, é uma palavra que existe por mais estranha e ridícula que lhe pareça e, lembrando, a palavra ridícula, já o é por si mesma. Ridículo sendo também um adjetivo ridículo pode se referir a quanlquer coisa que não seja harmoniosa. Pra que você entenda, melhor pegar como exemplo o corpo humano, que tem todas as partes que podem se rclassificadas pelos próprios humanos como ridículas, sendo bonitas ou feias, comestíveis ou repelentes.

... ... ...

Pois bem (advérbios ridículos), no corpo dos animas há muitas coisas para apontar, mas para que seja ridículo não pode simplesmehte ser feio, há de ser um misto de feio, engraçado e bizarro. Com essa junção se forma o ridículo, mas os mais adequados entre os animais são os primatas, sobretudo os humanos. essa macacada toda ser perde no ridículo, se empanturra, se estabelece no ridículo, ainda assim vivem apontado os demais e rindo, isso é o mais engraçado, estranho e disforme de tudo e dá mesmo vontade de rir. Os dentes ao serem mostrados, são ridículos, porém uns mais do que outros, e os humanos amam deixar essa fileira, branca, amarela, ou mesmo amarronzada à mostra. Melhor ainda são risadas em que segura-se a barriga, mas a barriga é uma chamada pança.

....... ...... ......

Rir de coisas ridículas é especialidade mesmo de primatas, lembrando o macaco rabudão que senta sobre o próprio rabo é ri dos outros, a cena de primatas rindo uns dos outros é tão ridícula, que até bichos que nem riem acabam rindo, e foi assim que papagaios e botos que sequer riam, passaram a rir, pois a cena dos primatas era demais pra eles. Isso de rir deve também ser especialidade de primatas, principalmente humanos porque eles são os mais ridículos do Reino animal e portanto para se aguentarem forma mais capacitados a sorrisinhos, risadas e ganragalhadas. Bastando para isso, olharem entre si... mesmo entre as próprias pernas.

Mais coisas ridículas[editar]

... ... ...

Continua no âmbito antropológico, pois não há universo mais rico em ridículo, mais ainda quando tentam não ser ridículos, como quando tentam nomear o que seria a tal da gafe, e as classificações ficam ainda mais ridículas, pois é cada bobagem considerada gafe, que seria menos ridículo e mais chique mandar alguém ir tomar no cu, coisa inclusive considerada uma prática ridícula por alguns, mas que sempre é dita em momentos de descontração.

pessoas são tão ridículas que inventam que roupas são ridículas e quais não são, como se usar roupa já não fosse ridículo, mas mesmo coisas que deixam sexy podem ser ridículas, repare nos salto altos, mesmo nas gostosas, eles parecem uma pata estranha grudada ao pesinho da dona emesmo que a guria saiba andar é meio estranho, mas nem vamos encher muito o saco das bocetinhas, pois não há nada mais ridículo do que gravata, e cá pra nós, deve ter sido inventada por um boióla, que queria usar colar de pérolas e não podia se entregar.

Faz tempo que eu não vejo uma lista[editar]

Após o nome da sessão/lista ridícula que eu fiz, para explicar, vamos à lista ridícula.

  • Este artigo
  • Gente
  • Ângela Bismarchi, ela não é mais gente, então não está incluída acima.
  • Moda
  • Travéca oxigenada - como numa foto deste artigo em que um travéco de bíquini e shortinho se equilibrando com apenas um pé encima da pedra é também um exemplo de pessoa ridícula.