Riful

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
1133064800.jpg Este artigo trata de uma mulher malvada.

Ela já enganou a todos, mas provavelmente vai se arrepender de tudo
o que fez e terminar com os miguxos.


Riful
Cquote1.pngAbissal do OesteCquote2.png
Riful.jpg
Não se engane com a pirralha.
Informações inúteis
Classificação Abissal
Ranking Claymore ex-Número 1
Técnicas Tentáculos
Parceiros Dauf
Status Atual Morta, por enquanto
Símbolo Supererro.jpg

Cquote1.png Você quis dizer: Polvo Cquote2.png
Google sobre Riful
Cquote1.png Experimente também: Mulher-tentáculo Cquote2.png
Sugestão do Google para Riful
Cquote1.png Dãããã. Cquote2.png
Dauf sobre Riful.
Cquote1.png Bem, quando éramos mais jovens... E o Duph era meio lento... Cquote2.png
Rigardo sobre seu relacionamento com Riful.
Cquote1.png Uma pirralha, estão me zoando? Cquote2.png
Jean sobre enfrentar Riful.
Cquote1.png AAAAAAAAAA!!!!! Cquote2.png
Jean após comentário acima.

Riful é mais uma personagem feminina do anime/mangá Claymore, é uma das vilãs carismáticas da história, afinal garotinhas kawaii sempre conquistam fãs, por causa desse apelo lolicon, mas mesmo não parecendo ela é sádica e, também, é uma coisa incomum no anime, ela é heterossexual.

Infância[editar]

Riful, gatinha não?

Isso foi há muito, muito, muito tempo atrás, por mais que não pareça Riful só mantém sua aparência jovial à custas de toneladas de cremes da Avon, que ela compra da Flora, a revendedora oficial das Claymore, Riful nasceu numa família simples da Zona Sul da ilha, num parte não muito repleta de youmas, mesmo yumas brotando às dúzias por lá.

Riful e seu carisma.

Os pais da garota eram donos de uma microempresa panificadora, ou seja, eram padeiros, então, fome a Riful nunca passou, sempre havia um pãozinho para ela comer nas horas em que o estômago roncava. Isso até um certo dia ensolarado, nesse dia seus pais conheceram algo novo, a inveja humana.

O concorrente da família dela, um tal Senhor Manuel, decidiu fazer jogo sujo e contratou um grupo de trombadinhas para acabar com a felicidade da família da garota, o problema é que os garotos no caminho foram comidos por youmas que, magicamente, brotaram no caminho. Os youmas decidiram acabar com o serviço e mataram os pais da garota, não fizeram o mesmo com a garota pois a acharam fofinha. Muito tempo depois, uns vinte minutos, surgiu uma Claymore que decapitou os assassinos e, de quebra, recrutou a pobre garota.

Treinando[editar]

Riful foi uma das mais novas Claymores formadas da história, aos oito anos ela se tornou uma bruxa dos olhos prateados. Mas udo isso após aquele típico sofrimento que ocorre durante a metamorfose de garota para Claymore, ela passou meses sem dormir com isso, essa privação do sono é que foi a responsável pela personalidade falsa e sádica, quando uma pessoa não dorme, coisas acontecem.


O treinamento dela foi curto, mas o suficiente para ela aflorar seu lado loli do mal, mas uma coisa inimaginável é a Riful empunhando aquela pesada claymore não faz parte da imaginação de meros mortais tal cena, mas isso ocorreu, por pouco tempo, mas ocorreu.

Cquote1.png Ahh... Sempre quis ter um artigo na Desciclopédia! Cquote2.png
Riful sobre seu próprio artigo.

Como Claymore[editar]

Riful no dia das bruxas.

Por mais habilidosa que fosse Riful não levava jeito para defender os frascos e comprimidos ela não tinha saco nenhum para pirralhas grudentas ou garotinhos inúteis e com isso ela desrespeitava a principal regra claymore, a de obedecer os humanos, mas ninguém ligava para isso, a Teresa só foi morta por isso para encher linguiça no enredo.

A garota acabou pelas incríveis habilidades com o posto de a mais fodona, a número 1 do ranking Claymore mas isso foi por pouco tempo, logo numa missão mais complicada, na Terra Média contra uma quantidade incrível de orcs a Riful se cansou de matá-los na espada e resolveu despertar e ela adorou, agora ela possuía tentáculos, tão desejados pelo pessoal lá de Godzillaland.

Conhecendo Duph[editar]

Riful na sua forma repleta de tentáculos.

Bem, após Riful despertar ela logo foi atrás de sangue, muito sangue. No caminho ela topou com u cara grande, burro e com tendências pedófilas, esse era o Dauf. Ela logo viu que poderia se aproveitar dele, já que ele, também, era um kakuseisha fodão, por mais chorão que fosse.

Riful negociou o apoio do gigante burro em troca de ajuda em seus planos de dominação global. A toca foi bem simples, em troca de carinho esporádico ele se tornaria o escravo dela, o que uma mulher não faz com um homem, não?

Riful e Dauf.

Cquote1.png Dãããã... Cquote2.png
Duph sobre tudo isso.


Participando da história[editar]

A Riful só entra na história para valer após o duelo da Clare com a sádica Ophelia onde a protagonista vai ao resgate de Jean sua futura amante miguxa, tudo por causa de um apelo sem pé nem cabeça feito por uma outra loirinha visivelmente devorada por algo bem grande.

Cquote1.png Dauf! Mais uma coisa! Cquote2.png
Riful

Clare vai ao resgate e lá conhece o Dauf, de quem leva uma surra, conhece a Galatea e ainda salva a Jean, tudo isso em somente dois mangás, já no anime, isso demora mais do que você estaria disposto a assistir. A luta aos poucos vai ficando interessante e melhora de forma inversamente proporcional ao sangue derramado. E quando parecia que elas venceriam a Riful salva o Dauf revelando o quanto é fodona, mas como todo vilão deixa o mocinho, no caso as Claymore viverem.

7 anos depois[editar]

Ninguém entende o porquê aparece a Riful lutando com duas claymores, verdade seja dita, dígitos únicos, mas mesmo assim secundárias, então, eis que surge, Miria e sua equipe do barulho para salvar o dia, salvam as Claymore e tudo magicamente se resolve após uma fuga apressada.

Quantos tentáculos!

Mais tarde aparece a Riful com uma outra Claymore e com as gêmeas Luciela e Rafaela grudadas feito siamesas. O objetivo de Riful é acordar esse ser fundido para ajudá-la nos seus planos de dominação global, no melhor estilo "Pinky e o Cérebro".

Riful vs Alice & Beth[editar]

Riful bem-desperta.

A Organização de saco cheio dessa abissal manda as armas de destruição Alicia & Beth para acabar com a alegria da guria, nessa luta soma-se o ser das gêmeas Luciela/Raphaela cuspindo Kakuseishas, a Clare, Helen e a Deneve perdidas no meio do roteiro e, também, as caçadoras de abissais, aquelas mulheres feiosas.

O Dauf é facilmente vencido e a Riful vê se obrigada a fugir para as montanhas, após a chuva de youmas da Luciela/Raphaela. Tal chuva de estacas youmas atinge Beth que deixa a maninha, prestes a despertar.

Mais tarde, já bastante enfraquecidos pelo encontro com as comedoras de abissais e as gêmeas descontroladas, a Riful e o Dauf são encontrados pela Priscilla (que sorte). A Riful se vê encurralada e arranca logo um braço e uma perna da Priscilla que estava querendo fazer um sanduishe de polvo, claro que no final a monochifre venceu sem muito esforço, já que a Riful estava quase sem poder nenhum, ela desmembrou o Dauf e devorou a Riful da cabeça até a cintura.

Mais tarde o Dauf se deixa controlar por um dos "gravetos" da RAFA-LUCI e parte pra luta novamente, ele morre e ponto final.

A Riful surpreende mais uma vez voltando à vida e dessa vez é pessoal! A luta passa a esquentar com membros da Priscilla sendo arrancados, mais tarde a Priscilla revela que usou a Riful para se livrar da RAFA-LUCI que tentava controla-la, a Riful aproveita e absorve a RAFA-LUCI e a luta se torna "equilibrada", chegamos a pensar que veremos um empate mas ai a Priscilla vence porque ela é mais safada e não para de se regenerar.

Chato ver a Riful perder, todo mundo gosta de garotinhas inocentes que comem entranhas kk

Ver também[editar]