Rock Islands

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Rock Islands é um grande conjunto inabitado de 300 ilhotas com formato de bundinha cobertas de musgo em algum lugar do Meu Pau que nem a Wikipédia sabe exatamente onde fica. Seus belos lagos de cor turquesa e cor de burro-quando-foge-nadando são a grande atração a parte do arquipélago.

Por ser um magnífico exemplo de beleza selvagem e maior produtor natural de cogumelo do sol do planeta, as Rock Islands foram incluídas como patrimônio mundial pela UNESCO em 2012

História[editar]

É muito comum turistas japoneses visitarem as Rock Islands para se cobrirem em esperma de tubarão acreditando nas suas propriedades medicinais para a pele.

As Rock Islands não são exploradas desde o fim da Liga Johto (a segunda temporada de Pokémon), depois que o Ibama declarou que o arquipélago é repleto de pokémons endêmicos ameaçados de extinção e não devem ser capturados para a nefasta prática de rinhas de pokemons.

Atualmente, se quase ninguém visita Palau, imagina um local de Palau onde não tenha ninguém? Apenas um ou outro japonês que acredita que os musgos dessa ilha tem poderes medicinais sagrados se lambidos direto das rochas calcárias, e também alguns caçadores de Tentacruel, o animal símbolo da região.

Ecossistema[editar]

Rock Islands possui um diversificado ecossistema, no qual predomina na flora o musgo e as algas, com ocorrências de alguns coqueiros, palmeiras e anêmonas.

Além das aves de patas azuis, a vida animal é predominantemente marinha nos corais onde vivem tubarões, tartarugas-marinhas e outros digimons aquáticos.

O destaque do arquipélago, porém, é a famosa Lago das Águas-viva e sua bela coloração de vômito de bode. Nesse lago vivem 1 trilhão de águas-vivas sinistras que soltam choques em qualquer outro ser vivo que ouse mergulhar no local.